Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Aposentado recebe seis carnês de IPTU

Segundo morador da zona norte, Prefeitura de São Paulo está cobrando mais de R$ 20 mil em impostos. Não sei o que fazer

Laíssa Barros
São Paulo

O aposentado Antero Ferreira Lima, 76 anos, do Jardim Guarani (zona norte), conta ter levado um grande susto nos últimos meses ao receber em sua casa seis carnês do IPTU da Prefeitura de São Paulo. 

“Somando tudo estão cobrando mais de R$ 20 mil de impostos, uma coisa inacreditável. Estou acostumado a receber um carnê por ano e sabia que em 2019 teria um reajuste, pois fiz algumas alterações estruturais em minha casa, mas nunca imaginei que chegaria uma cobrança deste tamanho”, queixa-se o aposentado. 

O aposentado Antero Ferreira Lima, 76 anos, mostra os carnês de IPTU que a Prefeitura de São Paulo enviou para a casa dele: “Estão cobrando R$ 20 mil de impostos, uma coisa inacreditável”  - Martha Salomão/Folhapress

Lima reclama ainda que não consegue se comunicar com a prefeitura para entender o que está acontecendo com seu IPTU.

“É muito triste a falta de comunicação do serviço público desta cidade. Como enviam tantos carnês sem uma explicação plausível e depois não atendem um cidadão com suas dúvidas? Todos os canais de atendimento deles não funcionam, principalmente para nós da terceira idade. Simplesmente estou sendo cobrado e não posso nem reclamar”, afirma Lima. 

O leitor diz não saber o que fazer e, por isso, recorreu ao Defesa do Cidadão. “Vi todos aqueles carnês chegarem um a um e fiquei sem entender o que estava acontecendo. A falta de informação me desesperou ainda mais. Como vou pagar uma dívida desse tamanho? Não tenho condições. Sou apenas um aposentado”, afirma ao Agora. 

Secretaria diz que parcelará valor

A Secretaria Municipal da Fazenda informa, em nota, que o imóvel do leitor foi modificado no passado e, neste ano, a pasta corrigiu os lançamentos dos últimos cinco anos, desde que essas mudanças ocorreram. O órgão diz ainda que, em relação ao pagamento dos impostos, a prefeitura dividirá cada exercício em até dez parcelas. Ao Agora Lima afirma não estar satisfeito com a resposta dada. “Espero uma explicação melhor.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.