Crédito da Nota Paulista pode ser transferido para o IPVA

Consumidor que pede CPF na nota fiscal tem grana em programa estadual; prazo para transferência vai até 31 de outubro

Cristiane Gercina
São Paulo

Os consumidores cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista podem transferir os créditos para pagar o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) de 2020. 

O prazo-limite para usar os valores para abater parte do imposto ou pagar todo o IPVA termina no dia 31 deste mês. A transferência é feita no site da Nota Fiscal Paulista (http://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp).

Para acessar o sistema, é preciso informar o CPF e a senha cadastrada. No site, dá para ver o quanto o consumidor tem de crédito. 

Almeida Rocha/Folhapress

Ao acessar a página, aparecerá o seguinte aviso: “A partir de outubro a liberação mensal de créditos da Nota Fiscal Paulista ocorrerá no dia 16 de cada mês (ou no dia útil posterior, quando se tratar de fim de semana ou feriado). A medida visa evitar o conflito com a data de liberação dos prêmios dos sorteios mensais do programa, que ocorrem a cada dia 15”.

O consumidor deve clicar em “Continuar” para conseguir enviar os créditos para o IPVA.

De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento, o usuário também poderá escolher quanto de crédito deseja enviar para o abatiment

Se transferir um valor maior do que o necessário para pagar o imposto, o dinheiro será restituído na conta-corrente da Nota Paulista. Para enviar os valores, além de estar cadastrado no sistema, o carro deve estar no nome do usuário. 

O programa Nota Fiscal Paulista dá créditos ao consumidor que pede o CPF na nota fiscal ao fazer compras no estado de São Paulo. Os créditos podem ser transferidos para o IPVA ou para a conta-corrente cadastrada no sistema. A opção é do consumidor. Os valores variam conforme a compra.

Grana extra | O que fazer

  • Consumidores cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista podem transferir os créditos até 31 de outubro para pagar o IPVA de 2020
  • O usuário tem direito de usar os valores para abater parte do imposto ou todo o IPVA

Como funciona

  • O consumidor que pede o CPF na nota fiscal ao fazer compras no estado de São Paulo pode participar do programa Nota Fiscal Paulista
  • As compras geram créditos, que podem ser transferidos para a conta do participante ou utilizados no IPVA 

Como transferir

  1. Acesse o site http://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp
  2. Na coluna “Consumidor”, vá em “Acesso ao sistema”
  3. Na página seguinte, informe CPF e senha e clique em “Não sou um robô”
  4. Em seguida, vá em “Acessar”; depois, clique em “Continuar”
  5. Vá novamente em “Não sou um robô” e clique em “Consultar”
  6. Para transferir os valores, vá em “Utilizar créditos”
  7. Escolha a opção “Quitação ou abatimento no valor do IPVA”
  8. Informe o Renavam e confirme

Fontes: Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento e reportagem

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.