Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Paciente espera por consulta há 8 meses

Aposentado conta que fez todos os exames de sangue e, desde fevereiro, está tentando mostrar os resultados para clínico geral

Kelly Mantovani
São Paulo

O servidor aposentado João Pereira de Melo, 70 anos, de Perus (zona norte), conta que sofre de pressão alta e tenta, desde 20 de fevereiro, marcar retorno com um clínico geral para mostrar os resultados dos exames de sangue realizados no HSPM (Hospital do Servidor Público Municipal).

O servidor aposentado João Pereira de Melo, 70 anos, de Perus (zona norte), relata que já tentou agendar a consulta várias vezes, mas sem sucesso
O servidor aposentado João Pereira de Melo, 70 anos, de Perus (zona norte), relata que já tentou agendar a consulta várias vezes, mas sem sucesso - Martha Salomão/Folhapress

“Faz oito meses que estou com os exames prontos, esperando agendarem essa consulta. Para exames de rotina, isso é um absurdo. Sofro de hipertensão e preciso de tratamento adequado”, diz à reportagem.

Durante o período, o aposentado conta que foram várias as tentativas de marcar a consulta, sem sucesso.
“Já perdi as contas de quantas vezes entrei em contato com a central de marcação de consultas do hospital. Sem falar das ocasiões em que perdi tempo indo pessoalmente nessa unidade de saúde”, diz.

Segundo ele, com a demora, os exames acabaram perdendo a validade e para seguir com atendimento, Melo terá que fazer uma nova bateria de exames.

“É um descaso. Faz quase um ano e ninguém do hospital ligou para que eu retornasse para ser avaliado”, queixa-se ao Agora.

“Pagamos porcentagens dos nossos salários e somos tratados como nada. O HSPM está entregue às traças, abandonado. É um desrespeito. A quem recorrer? Peço a intervenção do Defesa do Cidadão para resolver a situação.”

Secretaria Municipal da Saúde 
(11) 3397-2000

Secretaria faz o agendamento

A Secretaria Municipal da Saúde informa que o paciente teve um agendamento para o dia 5 de agosto, porém, não compareceu à consulta de retorno. 

A pasta diz também que o leitor esteve em consulta no último dia 23, quando foi solicitado um eletrocardiograma e a coleta de exames, agendados para os dias 20 de dezembro e 15 de janeiro. “Não fui comunicado dessa consulta de agosto.” O aposentado reclama da espera de mais dois meses para o próximo retorno. “Demora demais.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.