Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Paciente aguarda consulta há um ano; veja outras reclamações

Aposentado afirma que precisa passar em retorno com o oftalmologista

Havolene Valinhos
São Paulo

O aposentado Luis Aparecido Bertazi, 70 anos, de Pinheiros (zona oeste), conta que, há um ano, está tentando marcar uma consulta de retorno na especialidade oftalmologia, no Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), mas, até o momento, não conseguiu. 

Sala de recepção lotada e com pacientes sentados no chão no pronto atendimento do Hospital do Servidor Estadual, Iamspe, na Vila Clementino
Sala de recepção lotada e com pacientes sentados no chão no pronto atendimento do Hospital do Servidor Estadual, Iamspe, na Vila Clementino - Alfredo Henrique/Folhapress 1° Set. 2018

O leitor relata que faz acompanhamento para prevenir o glaucoma. “Preciso utilizar colírio todas as noites para prevenir. Realmente estou preocupado com essa falta de atendimento. Eu teria que passar pela especialista para ter um acompanhamento correto”, afirma ao Agora.

“Todas as vezes que ligo para a central de atendimento do Iamspe apenas dizem que não há vagas. Peço a intervenção do Defesa do Cidadão.” 

Iasmpe: (11) 5583-7001

Iamspe marca atendimento para o dia 27

O Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) informa, em nota, que sua ouvidoria entrou em contato com Luiz Bertazi e repassou as informações. “Marcaram a consulta para o dia 27 deste mês”, disse o leitor. 

_____________________________________________________________________

Veja outras reclamações

Latam

O professor Adriano Alves dos Santos, 43 anos, de Barueri (Grande SP), conta que tentou resgatar uma passagem com pontos LatamPass, mas o site retorna para a página inicial. “Liguei na Latam e dizem que não identificam nenhum defeito e que tenho que pagar R$ 60 por passageiro para resgatar pelo telefone. Não vou pagar, pois o site está com defeito.” 

Resposta 

A Latam Airlines Brasil informa que entrou em contato com o cliente para prestar os esclarecimentos necessários a respeito do resgate de passagens.

Electrolux

Ademir Merighi, da Vila Jacuí (zona leste), conta que comprou um filtro de água da Electrolux, que, com 15 meses de uso, apresentou quebra de conexão na parte de trás. “Levei na autorizada, na Penha, e o valor que me cobraram foi de 70% de um filtro novo.” 

Resposta

A Electrolux informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que conseguiu negociar novo valor para que a autorizada consertasse o produto. A empresa diz ainda que informou o novo orçamento ao cliente na sexta-feira (1º). Segundo nota, ele optou por comprar somente as peças na rede autorizada e fará o reparo do filtro com terceiros.

Banco do Brasil

O aposentado Tadeu José de Camargo Moraes, 57 anos, afirma que foram lançados débitos automáticos indevidos em sua conta-corrente, totalizando um valor de R$ 4.727 em quatro operações de compra, em intervalos de um e dois minutos, na madrugada do dia 15 de outubro. “Presumo que meu cartão tenha sido clonado, mas o Banco do Brasil se negou a me ressarcir.” 

Resposta

O Banco do Brasil informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que analisou as transações financeiras contestadas na reclamação enviada pelo cliente, que já foi informado sobre a conclusão de seu processo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.