Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Aposentada reclama de espera no Iamspe

Paciente critica atendimento do hospital e diz que funcionários marcaram consulta prévia para fazer uma cirurgia só em 2020

Kelly Mantovani
São Paulo

A aposentada Regina Célia Trabasso Eugênio, 69 anos, da Penha (zona leste), reclama do atendimento do Iamspe, hospital onde aguarda data para retirar uma pedra de sua vesícula. 

Regina Trabasso Eugênio, da Penha (zona leste), conta que precisa retirar uma pedra da sua vesícula e não consegue falar no atendimento do hospital: “É um descaso, uma burocracia enorme”
Regina Trabasso Eugênio, da Penha (zona leste), conta que precisa retirar uma pedra da sua vesícula e não consegue falar no atendimento do hospital: “É um descaso, uma burocracia enorme” - Rubens Cavallari/Folhapress

Segundo a leitora, em 20 de setembro sua médica especialista pediu uma consulta com um anestesiologista em até 15 dias. Essa consulta avaliaria quando a cirurgia poderia ser feita. 

No entanto, a consulta com o médico ficou agendada para o dia 15 de janeiro de 2020, quatro meses depois do tempo estipulado pela especialista.

Ela diz ter tentado diversas vezes remarcar o procedimento, por telefone e pessoalmente, na central de atendimento do hospital. 

“O telefone toca, toca, toca, e ninguém atende. É um descaso, uma burocracia enorme”, diz.
Com a demora, Regina teme ter que fazer todos os exames novamente. 

“Virou uma bola de neve. Estou decepcionada. A expectativa era conseguir agendar a consulta ainda neste ano para prosseguir com a marcação do procedimento, mas não é o que está acontecendo”, diz ela à reportagem do Agora. “Quero uma resposta do hospital. Meu problema de saúde é sério”, queixa-se. 

Iamspe: (11) 4573-8000

Hospital agenda a consulta

O Iamspe informa, em nota enviada por sua assessoria de imprensa, que sua ouvidoria entrou em contato com a leitora e esclareceu que já havia consulta agendada com um especialista.

A ouvidoria do hospital diz ainda que repassou à paciente todas as orientações sobre o atendimento. 
Em novo contato com o Defesa do Cidadão, a aposentada confirmou a informação e agradeceu a intervenção do jornal.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.