Caixa inclui 200 mil trabalhadores no pagamento do auxílio emergencial 2021; veja se vai receber

Presidente do banco informou que Dataprev reavaliou cadastros e vai pagar benefício a mais pessoas

São Paulo

Mais 200 mil trabalhadores foram incluídos no novo lote de pagamentos do auxílio emergencial 2021.

Eles vão receber a grana no próximo dia 15, informou o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, nesta quinta-feira (8).

“Estão sendo feitas novas análises e, hoje mesmo, 200 mil novas pessoas foram aprovadas e receberão os pagamentos a partir de 15 de abril. Pessoas que fizeram o pedido no ano passado, mas que por algum motivo não foram aprovadas”, disse ele, no programa Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo.

Segundo Guimarães, a intenção é pagar o benefício a mais trabalhadores que tenham direito à grana. Para isso, inclusive, há estudos no governo prevendo alterar regras para atingir um número maior de pessoas.

É o caso de trabalhadores que estavam empregados com carteira assinada em 2020, mas que, em 2021, estão sem trabalhar. Como, pelas regras do governo, não receberam o auxílio no ano passado, não estão incluídos na rodada de agora.

“Está havendo uma análise no Ministério da Cidadania para verificar novas pessoas que possam entrar e ter direito ao benefício. No primeiro grupo de 40 milhões não entrou, mas existe esta análise para ampliar para mais alguns milhões. Sugerimos ligar no 111 ou ver no auxilio.caixa.gov.br”.

A Dataprev começou, no início da semana, a fazer uma reanálise nos cadastros. Além dos 40,4 milhões de cidadãos que devem ser beneficiados com a nova rodada, mais trabalhadores devem estar nos lotes de pagamentos, como é o caso dos 200 mil.

Esses cidadãos devem checar a elegibilidade por meio 111 e do site na internet. “A minha orientação é ficar sempre de olho no auxilio.caixa.gov.br, porque se tiver qualquer mudança, nós colocaremos os detalhes”, reforça Guimarães.

Nesta sexta (9), a Caixa deposita o auxílio para nascidos em fevereiro. A movimentação é pelo Caixa Tem.

Já os beneficiários do Bolsa Família poderão consultar o valor do auxílio emergencial a que terão direito a partir de 14 de abril. “Quem é do Bolsa Família receberá o benefício que for de maior valor: ou o auxílio emergencial ou o próprio Bolsa Família”, diz ele.

Mais beneficiados no auxílio | O que está em estudo

  • O Ministério da Cidadania estaria estudando alterar as regras do auxílio emergencial para beneficiar mais trabalhadores

  • A ideia é poder pagar a nova rodada do benefício a profissionais que ficaram sem emprego neste ano

Entenda

  • Pelas regras atuais publicadas pelo governo, não há como os trabalhadores pedirem o novo auxílio emergencial

  • Teriam direito à grana, portanto, quem já estava inscrito e recebeu o dinheiro com base em dados de dezembro de 2020

  • No entanto, a Dataprev (empresa de tecnologia do governo) ampliou as bases de análise de dados para tentar abranger mais trabalhadores

Novos beneficiados

  • A ampliação da base de dados já rendeu um novo lote de beneficiários do auxílio

  • Segundo Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, 200 mil novos trabalhadores serão incluídos no pagamento nos próximos dias

  • Eles devem começar a receber o benefício em 15 de abril

Como saber se tenho direito

O cidadão deverá:
>Ligar para o telefone 111
>Acessar o site auxilio.caixa.gov.br

Calendário de pagamentos

  • A Caixa deposita, nesta sexta-feira (9) o pagamento da grana para os nascidos em fevereiro

  • No domingo (11), a grana cairá na conta de quem nasceu em março

Caixa Tem

  • Primeiro, o dinheiro é liberado para pagar contas ou fazer compras por meio da poupança social digital, movimentada pelo Caixa Tem

  • O saque dos valores ou a transferência começará apenas em 4 de maio

Auxílio emergencial 2021 | Trabalhadores informais

As datas abaixo são destinadas ao pagamento de quatro parcelas para beneficiários inscritos pelas plataformas digitais da Caixa em 2020 ou selecionados através do Cadastro Único

As ordens de depósito na conta digital da Caixa e da autorização para o saque em dinheiro foram definidas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Confira abaixo:

1ª Parcela

Nascimento Depósito no Caixa Tem Saque em dinheiro
Janeiro 6 de abril 4 de maio
Fevereiro 9 de abril 6 de maio
Março 11 de abril 10 de maio
Abril 13 de abril 12 de maio
Maio 15 de abril 14 de maio
Junho 18 de abril 18 de maio
Julho 20 de abril 20 de maio
Agosto 22 de abril 21 de maio
Setembro 25 de abril 25 de maio
Outubro 27 de abril 27 de maio
Novembro 29 de abril 1º de junho
Dezembro 30 de abril 4 de junho

Resposta para Bolsa Família sai no dia 14

  • Os beneficiários do Bolsa Família poderão saber, na próxima quarta-feira (14), se vão receber o auxílio emergencial

  • O pagamento para este público começa na sexta-feira (16) e vai até o dia 30

Valores
O auxílio será de:

> R$ 250 para famílias
> R$ 150 para solteiros
> R$ 375 para a mãe chefe de família

Quem tem direito
O benefício será devido a um dos membros da família que recebeu o auxílio emergencial em 2020 e se enquadra em um dos critérios abaixo:

  • Ser maior de 18 anos, exceto no caso de mães com idade de 12 a 17 anos

  • Estava inscrito no Cadastro Único em 2 de abril de 2020

  • É beneficiário do programa Bolsa Família

  • Teve o cadastro aprovado pela Caixa

O que impede o recebimento do auxílio em 2021?

  • Tem emprego formal no momento

  • Recebe benefício do INSS, seguro-desemprego e outros benefícios, exceto abono do PIS/Pasep ou Bolsa Família

  • Tem renda familiar mensal per capita acima de meio salário mínimo (R$ 550, neste ano)

  • É membro de família com renda mensal total acima de três salários mínimos (R$ 3.300, neste ano)

  • Recebeu, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70

  • Tinha, em 31 de dezembro de 2019, posse ou propriedade de bens ou direitos com valor total superior a R$ 300 mil

  • Recebeu, em 2019, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil

  • Era dependente de quem declarou Imposto de Renda em 2019

  • Está preso em regime fechado ou tem o CPF vinculado como gerador de auxílio-reclusão

  • Teve o auxílio emergencial de 2020 cancelado

  • Deixou de movimentar valores disponibilizados pelo Bolsa Família ou do auxílio emergencial

  • É estagiário, residente médico ou residente multiprofissional, beneficiário de bolsa de estudo

  • Mora fora do Brasil

Auxílio emergencial - Bolsa Família

As datas abaixo são destinadas ao pagamento das quatro parcelas para beneficiários que fazem parte do Bolsa Família.

As ordens de depósito na conta digital da Caixa e da autorização para o saque em dinheiro, para este grupo, caem sempre no mesmo dia. A data para recebimento vai depender do número final do NIS (Número de Inscrição Social).

Número final do NIS 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela 4ª parcela
1 16/04 18/05 17/06 19/07
2 19/04 19/05 18/06 20/07
3 20/04 20/05 21/06 21/07
4 22/04 21/05 22/06 22/07
5 23/04 24/05 23/06 23/07
6 26/04 25/05 24/06 26/07
7 27/04 26/05 25/06 27/07
8 28/04 27/05 28/06 28/07
9 29/04 28/05 29/06 29/07
0 30/04 31/05 30/06 30/07

Fontes: Caixa Econômica Federal e reportagem

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.