Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Cliente solicita troca de titularidade para Enel

Leitor afirma que pagou conta em duplicidade, mas empresa está cobrando fatura

São Paulo

O assistente administrativo Carlos André Santos de Portugal, 42 anos, de Brasilândia (zona norte), reclama que a Enel está lhe cobrando uma conta que foi paga em duplicidade no ano passado. Por causa disso, afirma, não consegue ter seu pedido de mudança de titularidade atendido pela concessionária.

O leitor relata que, ao entrar em contato com a central de atendimento da Enel, para entender o que estava acontecendo, é informado de que a parcela de um acordo, no valor de R$ 50,34, referente ao mês de outubro de 2020, estava em aberto.

No entanto, ele diz que pagou em duplicidade a parcela de setembro, mas a Enel nem devolveu esse valor pago a mais nem abateu a parcela de outubro.

"De qualquer forma, paguei essa fatura, a de outubro, no dia 5 de março deste ano, mesmo assim não deram baixa no aplicativo da empresa. Assim, o aplicativo está bloqueando meu CPF para o atendimento da mudança de titularidade."

Carlos André de Portugal afirma que pagou a fatura de outubro, em 5 de março, mas não adiantou - Arquivo pessoal

O assistente administrativo afirma que registrou reclamação também no Procon-SP. "Não tenho nenhuma pendência com a Enel, mas continuam me prejudicando. Aliás, sempre paguei minhas contas em dia. Esse acordo surgiu porque estavam cobrando valores no ano passado que eu discordava, mas por fim tive que pagar e parcelar", queixa-se à reportagem.

A Enel é uma empresa que não respeita os clientes. Por isso ficam cobrando contas que já estão quitadas. Me sinto de mãos atadas. Não sei mais a quem recorrer", reclama ao Agora.

Enel: 0800-0012000

Caso resolvido

A Enel Distribuição São Paulo, por meio de sua assessoria de imprensa, informa que, após análise, identificou que uma falha no sistema não havia compensado o pagamento da fatura de outubro de 2020.

A distribuidora afirma ainda que regularizou a instalação e orientou o cliente a desconsiderar qualquer aviso de cobrança.

As informações, ressalta a Enel, também foram encaminhadas para o email cadastrado em sistema.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.