Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Motorista reclama de atraso para transferência

Leitor afirma que solicitou serviço no site do Detran.SP, porém não foi atendido

São Paulo

O motorista de aplicativo Guilherme Henrique Penha Santos, 23 anos, de São Bernardo do Campo (ABC), conta que, no dia 8 de junho, solicitou a transferência de um veículo para o seu nome no site do Detran.SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo).

Porém ele reclama que o serviço não foi realizado no prazo prometido. O leitor afirma que deram cinco dias úteis para receber uma resposta. No entanto, Santos diz que o prazo expirou, não veio resposta, e o status da solicitação no site continua como em análise.

Guilherme Henrique Penha Santos reclama de atendimento do Detran.SP - Arquivo pessoal

“Acontece que comprei um veículo com a placa da frente violada e necessito que seja aprovada a transferência o mais rápido possível para que eu possa realizar o emplacamento e cotar o seguro”, afirma à reportagem do Agora.

Santos explica que trabalha como motorista de aplicativo e ficou uma semana sem poder utilizar o veículo por causa desse entrave.

“Imaginei que fosse algo rápido, não burocrático e lento. Não posso ficar com o carro desse jeito. Preciso de uma resposta rápida do Detran, uma vez que essa instituição não está cumprindo com os prazos estabelecidos”, afirma ele.

O leitor conta que, até hoje, não há resposta. “Estou cansado de checar o site do Detran e nada mudar”, queixa-se o motorista.

Ele diz que precisa da intervenção do Defesa do Cidadão para que as devidas providências sejam tomadas e a situação, regularizada. “Sinceramente não sei mais a quem recorrer. Infelizmente o cidadão fica de mãos atadas”, diz o leitor.

Detran.SP: (11) 4135-9700

Detran.SP transfere veículo

O Detran.SP informa que o veículo já foi transferido para o motorista Guilherme Henrique Penha Santos. O CRLV-e está disponível para download e impressão no item licenciamento digital, nos portais do Poupatempo e Detran.SP, além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran.SP e Carteira Digital de Trânsito, do governo federal, onde é possível também utilizar o documento de forma online no próprio aplicativo. Ao Agora, o leitor confirmou a informação.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.