Advogado esfaqueia o próprio pai em Mogi das Cruzes

Idoso de 91 anos foi atingido no pulmão e acabou internado

Alfredo Henrique
São Paulo

Um advogado de 51 anos foi preso acusado de esfaquear o pulmão do próprio pai, um idoso de 91 anos, por conta de uma discussão familiar nesta quarta-feira (17) em Mogi das Cruzes (Grande SP). O estado de saúde da vítima não foi informado.

Armas apreendidas na casa do suspeito em Mogi das Cruzes (Grande SP) - Divulgação/ Polícia Militar

Segundo o idoso relatou à Polícia Militar, já no hospital, Marcos Alexandre Ramos de Carvalho, seu filho, o atacou com uma faca "por motivos de menor importância" e que foi esfaqueado "em razão desta breve discussão".

Carvalho admitiu à polícia que discutiu com o pai. Porém, afirmou que a vítima "havia se ferido com uma faca". Na casa dele, a PM encontrou facas, uma pistola de brinquedo e tacos beisebol. A defesa dele não foi localizada pela reportagem.

Segundo a polícia, a cunhada de Carvalho, 38 anos, foi procurada pelo sogro, que "passava mal". "A vítima estava com a respiração muito fraca e sangrava muito, momento em que ela o socorreu ao Hospital Ipiranga [em Mogi]". Foi apurado que, no hospital, o idoso foi submetido a uma cirurgia.

O irmão de Carvalho, um empresário de 47 anos, informou à polícia que o acusado já havia agredido o pai em outras ocasiões.

O empresário acrescentou que, por conta da agressividade do irmão, que seria "usuário de drogas", seu pai e mãe, "por diversas vezes", passaram dias hospedados em sua casa, ou ainda em hotéis da região.
Carvalho foi indiciado por tentativa de homicídio.
 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.