Mercados municipais de SP têm horários especiais no feriado

Sexta e domingo ficam fechados ou abrem parcialmente

William Cardoso
São Paulo

O paulistano que ainda não comprou os ingredientes para o almoço de Páscoa tem a oportunidade de abastecer a despensa com produtos frescos e de qualidade nos mercados municipais, que permanecem quase todos abertos, embora em horários diferenciados, até mesmo no feriado de domingo (21).

Vista do Mercado Municipal da rua da Cantareira (região central) - Rubens Cavallari - 22.set.2017/Folhapress

Segundo a prefeitura da capital, só 5 dos 16 mercados municipais estarão fechados no dia de Páscoa. Não abrem no domingo o Mercadão e o vizinho Kinjo Yamato (região central), Lapa (zona oeste), São Miguel (zona leste) e Santo Amaro (zona sul).

Até lá, porém, o consumidor pode satisfazer suas necessidades, de acordo com o seu bolso, em todos os mercados municipais. Hoje, o horário de funcionamento será o normal de todas as quintas-feiras. Nesta sexta-feira (19), entretanto, já têm início algumas alterações, segundo a informação da prefeitura.


Na Lapa, por exemplo, o mercado ficará aberto nesta Sexta-Feira da Paixão somente das 8h às 14h. No outro lado da capital, em Guaianases (zona leste), a abertura aos clientes será às 8h30 e o fechamento ocorrerá também às 14h.

Mais tradicional de todos, o Mercadão (também conhecido como Paulistano), na rua da Cantareira, não terá alterações no seu funcionamento até o sábado (20). O espaço, na região central, ficará aberto das 6h às 18h amanhã e depois. No domingo (21), entretanto, estará fechado aos clientes.

Quem quiser pegar os melhores produtos, porém, deverá chegar o quanto antes ao local, porque a procura por peixes frescos e o famoso bacalhau promete ser intensa, apesar dos preços salgados em época de crise e desemprego.

Confira os horários

Mercados Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo
Central Leste Normal 7h às 13h Normal 7h às 13h
Guaianases Normal 8h30 às 14h Normal 8h30 às 14h
Ipiranga Normal 8h às 13h Normal 8h às 13h
Kinjo Yamato Normal 3h às 15h Normal FECHADO
Lapa Normal 8h às 14h Normal FECHADO
Paulistano Normal 6h às 18h Normal FECHADO
Penha Normal 8h às 16h Normal 8h às 16h
Pinheiros Normal 8h às 15h Normal 8h às 15h
Pirituba Normal 7h às14h Normal 7h às14h
Santo Amaro Normal 8h às 14h Normal FECHADO
São Miguel Normal 8h às 15h Normal FECHADO
Sapopemba Normal 8h às 13h Normal 8h às 13h
Teotônio Vilela Normal 7h às 13h Normal 7h às 13h
Tucuruvi Normal 7h30 às 13h Normal 7h30 às 13h
Vila Formosa Normal 8h às 13h Normal 8h às 13h
Pátio Pari Normal 4h às 17h Normal 4h às 17h

Serviços

Não são apenas os mercados municipais que terão alterações no funcionamento durante o feriado. Os bancos, por exemplo, estarão fechados nesta sexta-feira (19) e reabrem normalmente só na segunda-feira (22). O mesmo acontece com Poupatempo, Detran, Procon, Sabesp, Correios e UBS (Unidades Básicas de Saúde) normais. As AMAs tradicionais só fecham no domingo (21).

Veja o que abre e fecha

Serviço Hoje Amanhã Sábado Domingo
Bancos Abrem Fecham Fecham Fecham
AMAs Tradicionais Abrem Abrem Abrem Fecham
UBSs  Abrem Fecham Fecham Fecham
Sabesp Abre Fecha Fecha Fecha
Correios Abrem Fecham Fecham Fecham
Poupatempo Abre Fecha Fecha Fecha
Detran Abre Fecha Fecha Fecha
Procon-SP Abre Fecha Fecha Fecha

Meteorologia

O feriado de Páscoa deverá ter tempo bom na capital e no restante do estado. Segundo a previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), só há possibilidade de chuva a partir da tarde de domingo (21) e, mesmo assim, de forma isolada, em algumas regiões.

Na capital, a temperatura nesta quinta-feira (18) chega a 27°C, com mínima de 17°C. Na sexta-feira (19), a previsão é de que a máxima suba um pouco mais, chegando aos 28°C. Até o domingo (21), a temperatura deverá aumentar ainda mais, com calor de 30°C no fim do feriado. As regiões oeste, sudoeste, sul e sudeste do estado terão chuva no domingo. As áreas serranas podem ter temperatura mínima de até 8°C durante o feriado.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.