Ajudante acaba preso por importunação ofensiva

Homem exibiu órgão sexual na frente de três passageiras dentro de ônibus

Alfredo Henrique
São Paulo

Um ajudante de 41 anos foi preso, na madrugada desta quinta-feira (16), acusado de se masturbar na frente de três passageiras, dentro de um ônibus em Pinheiros (zona oeste de SP).

Uma das vítimas, uma atendente de 21 anos, afirmou que ia para o trabalho, por volta das 5h40 com uma amiga, na parte dianteira do ônibus. Quando ambas estavam sentadas, o acusado se aproximou, em pé, no corredor, ao lado da atendente. "Ele tirou seu órgão sexual para fora e começou a massageá-lo na minha frente e de minha amiga", afirmou. 

Após a importunação, a atendente se levantou e passou pela catraca, para se distanciar do criminoso. O acusado também passou pela catraca e ficou ao lado de outra mulher, que dormia, segundo a atendente. 

O ajudante, disse a vítima, encostou o pênis no rosto da outra mulher, que dormia. Ela acordou em seguida, correndo para fora do ônibus assustada. O motorista parou o veículo em frente ao 14º DP (Pinheiros) e chamou a polícia. O suspeito foi preso em seguida, por importunação sexual. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.