Descrição de chapéu Centro

Ambulante se apresenta como pai do bebê abandonado em SP

Criança de um ano e cinco meses foi deixada no Vale do Anhangabaú

Alfredo Henrique
São Paulo

Na manhã desta segunda-feira (20), um ambulante foi à Santa Casa afirmando ser o pai do bebê abandonado no Vale do Anhangabaú na madrugada de domingo, durante a Virada Cultural. 

Segundo a polícia, o ambulante deu o nome do bebê e afirmou que a criança tem um ano e cinco meses de idade. 

Informalmente, o suposto pai do bebê alegou que teve uma convulsão e, por isso, caiu quando empurrava o carrinho. “Quando ele recobrou a consciência, alega que estava desnorteado e, por isso, esqueceu o carrinho com a criança”, disse o delegado Carlos Castiglioni, responsável pelo caso, que foi registrado no 3º DP (Santa Ifigênia). 

O ambulante teria sido encaminhado ao hospital após a suposta convulsão, acrescentou o delegado. 

Sobre a criança, Castiglioni afirmou que ela permanece internada em observação na Santa Casa. Há a suspeita de que o bebê esteja com princípio de pneumonia.

A polícia vai ainda ouvir formalmente o ambulante. A data do depoimento ainda não foi informada.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.