Mãe e filhas são esfaqueadas em Cumbica

Duas mulheres foram presas pelo crime no aeroporto internacional

Alfredo Henrique
São Paulo

Duas irmãs e a mãe delas foram esfaqueadas, durante uma discussão, na noite de quarta-feira (22) no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP). Duas desempregadas, de 18 e 24 anos, foram presas acusadas pela polícia de tentativa de homicídio. 

Passageiros no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP) - Rivaldo Gomes -20.abr.2012/Folhapress

Segundo uma das vítimas, uma vendedora de 45 anos, ela e uma das filhas, 22, estavam em um ônibus, no qual iriam para o terminal 3 do aeroporto.

Porém, quando passavam em frente ao terminal 2, avistaram a parente delas, 20 anos, sendo atacada pelas acusadas. A jovem havia chegado ao local antes da irmã e da mãe. Ela foi ferida pelas costas e permanece internada em estado estável.

Quando a irmã e a mãe dela se aproximaram, ambas também foram esfaqueadas, nas pernas. As duas passam bem. 

Após a violência, as duas suspeitas foram encaminhadas à delegacia do aeroporto, onde foram presas em flagrante. 

Segundo o TJ (Tribunal de Justiça) ambas tiveram a prisão preventiva decretada, na quinta-feira, após audiência de custódia.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.