Descrição de chapéu Grande SP

Quatro jovens morrem após suposta troca de tiros com PM

Segundo a polícia, foi uma perseguição a carro envolvido com crime

Alfredo Henrique
São Paulo

Quatro suspeitos morreram após supostamente trocarem tiros com a Polícia Militar, por volta das 21h desta quarta-feira (17), na altura do km 214 da rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos (Grande São Paulo).

Carros da PM na rodovia Dutra, em SP
Carros da Polícia Militar na rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos (Grande SP) - Reprodução/TV Globo

Segundo a polícia, PMs localizaram, na zona leste da capital paulista, um Hyundai HB20 prata que estaria envolvido em crimes cometidos na região e, por isso, já era monitorado pela polícia. “Solicitada sua parada, o veículo fugiu”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), o veículo não consta como roubado. Dentro do carro estavam quatro suspeitos, com idades entre 19 e 23 anos. No início da perseguição, viaturas da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar) deram apoio ao acompanhamento do veículo em fuga.

Já na rodovia Presidente Dutra, altura do km 227, carros da polícia conseguiram se aproximar do HB20, momento em que a PM deu mais uma ordem de parada, mas em vão. “Eles [suspeitos] não obedeceram e continuaram a fuga quando o pneu do veículo, do lado esquerdo, estourou e não conseguirem [suspeitos] mais seguir em frente”, diz trecho de relato policial.

O pneu estourou na altura do km 214 da via Dutra, a cerca de 30 quilômetros do local onde originalmente o carro suspeito foi identificado pela polícia. 

Após os quatro jovens saírem do carro, segundo a PM, houve uma troca de tiros. Nicolas Vieira Canda, Leonardo Rocha de Carvalho, Ronei Oliveira de Souza e Vitor Nascimento Barboza Alves morreram no local.

Com os suspeitos, foram apreendidas uma espingarda calibre 12, uma submetralhadora, além de um colete a prova de balas.

A Corregedoria da PM investiga a origem dos disparos que mataram os suspeitos, pois a troca de tiros teria ocorrido entre os jovens e policiais da Rota, além do 15º Batalhão da PM.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.