Descrição de chapéu Grande SP

Dona de casa é morta por asfixia com almofada na Grande SP

Ex-marido é o principal suspeito pelo crime, que teria ocorrido após discussão

Alfredo Henrique
São Paulo

Uma dona de casa de 43 anos foi morta por asfixia com uma almofada dentro de sua casa, por volta das 9h desta terça-feira (13), em Suzano (Grande SP). O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, que não havia sido localizado pela polícia até a publicação desta reportagem. 

Segundo a polícia, Maria Elisângela Alves da Silva e o acusado pelo crime, identidade não informada, teriam se separado há cerca de três meses. Ainda segundo a polícia, o acusado foi à residência da dona de casa com o intuito de reatar o relacionamento. Porém, após a vítima negar isso, o acusado a teria matado. 

Almofada teria sido usada para matar dona de casa, 43 anos, na manhã de terça-feira (13) em Suzano (Grande SP) - Divulgação/Polícia Civil

Vizinhos de Maria afirmaram a policiais militares que ouviram gritos durante uma discussão que precedeu o assassinato da mulher. Somente quando a discussão cessou a PM foi acionada pelas testemunhas. 

Ao chegarem na casa, policiais se depararam com Maria já morta, caída no chão, com uma almofada (do mesmo tipo que é usada em sofás) sobre o rosto. Além disso, o corpo da mulher também apresentava sinais de enforcamento. 

O caso é investigado pela Polícia Civil de Suzano, que até o momento registrou o caso como homicídio simples. Porém, segundo um policial ouvido pela reportagem, o caso pode ainda ser registrado como feminicídio (quando a vítima é morta pelo fato de ser mulher). 

Feminicídios

Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), gestão João Doria (PSDB), os feminicídios aumentaram em 17% no estado de São Paulo no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2018. Foram 62 casos entre janeiro e junho de 2019 e outros 53 nos seis primeiros meses do ano anterior. 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.