Homem é preso no interior de SP após atirar com "caneta revólver"

Arma estava escondida no carro de um amigo do acusado, que foi detido por porte ilegal de arma

Alfredo Henrique
São Paulo

Um funcionário de lava-rápido foi preso, no final da tarde desta terça-feira (6), após ele admitir que havia dado um tiro, usando um revólver dissimulado em estrutura de caneta, dentro do local de trabalho em Descalvado (243 km de SP). A polícia foi chamada ao local após testemunhas ouvirem um tiro. A “caneta revólver” foi encontrada, escondida, dentro do carro de um amigo do homem preso.  

"Caneta revólver" foi encontrada, dentro de um carro, após um tiro com a arma ser efetuado nesta terça-feira (6), na cidade de Descalvado (243 km de SP). Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo - Divulgação/Polícia Militar

Segundo a Polícia Militar, um estouro semelhante a um tiro de arma de fogo foi ouvido, no momento em que a corporação realizava uma patrulha pela rua Doutor Hugo Pereira de Abreu. Policiais entraram no comércio, onde abordaram um homem, identidade não informada, que autorizou a entrada dos PMs no local. 

A princípio, nada foi encontrado pelos policiais. Porém, após pedirem para que o homem abrisse seu carro, um VW Golf, ele afirmou que dentro do veículo havia uma “caneta revólver”, calibre 22, pertencente a outro funcionário do lava-rápido -  que também não teve a identidade informada. 

O dono da arma confessou que atirou uma vez com a caneta, para testar seu funcionamento. O disparo atingiu uma árvore, que fica dentro do comércio. Por conta disso, o dono do revólver dissimulado foi preso por disparo de arma de fogo, além de porte ilegal de arma. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.