Dupla acusada de roubar carro de aplicativo é morta pela PM

Suspeitos teriam trocado tiros com a polícia em Itapevi, na Grande SP

Alfredo Henrique
São Paulo

Um desempregado e um adolescente morreram após supostamente trocarem tidos com a Polícia Militar, por volta das 21h desta segunda-feira (23), em Itapevi (Grande SP). Os suspeitos haviam roubado anteriormente um carro de motorista de aplicativo.

Segundo a polícia, Vanilson Soares de Bastos, 18 anos, e um adolescente de 17 pediram uma corrida de aplicativo na rua Geraldina Chaluppe. Ambos embarcaram e, após alguns minutos, pediram para que a vítima estacionasse o veículo, momento em que o assalto foi anunciado. Os ladrões liberaram o motorista e fugiram com o Chevrolet Onix. 

A Polícia Militar foi acionada e localizou o carro roubado no bairro Jardim Gioia. Uma perseguição teve início. Os suspeitos abandonaram o carro na rua Cuba, que é sem saída, e entraram em uma casa. 

Segundo a PM, dois policiais caminharam por um corredor, até chegarem a um terraço, onde, segundo eles, foram recebidos a tiros pelo adolescente. Os policiais revidaram e feriram o jovem, que morreu antes de o socorro chegar. 

Bastos, ainda segundo a PM, foi encontrado dentro de um cômodo e tentou atirar contra os policiais. Porém, a arma dele falhou. Mesmo assim, segundo a polícia, dois PMs revidaram, atirando oito vezes e matando o suspeito.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.