Troca no Bilhete Único causa correria a postos da SPTrans

Após a segunda-feira, créditos do tipo comum, acima de R$ 43, serão bloqueados pela prefeitura

Alfredo Henrique
São Paulo

Usuários de cartões do Bilhete Único comum, emitidos antes de 2014, correm aos postos da SPTrans, administradora do sistema de ônibus da capital, para retirar o novo bilhete, que obrigatoriamente precisa de foto do usuário cadastrada para que sejam feitas recargas, sem limite de valor. A medida, segundo a prefeitura, foi feita para ajudar a combater fraudes. 

Recepção de posto da SPTrans na região central de São Paulo - Rivaldo Gomes/Folhapress

Após esta segunda-feira (30), prazo máximo para a troca dos bilhetes, haverá o bloqueio dos créditos do tipo comum, se o valor ultrapassar R$ 43. Caso ocorra o bloqueio, segundo a SPTrans, o passageiro precisa se cadastrar na internet e, após a aprovação de sua foto no site da administradora, retirar o cartão personalizado em qualquer terminal de ônibus municipal. 

O eletricista Maicon Rodrigues, 35 anos, estava em uma fila do terminal Dom Pedro 2º, na região central, para retirar seu novo bilhete. Ele era uma das 68 pessoas que aguardavam para ser atendidas, em cinco guichês, por volta das 15h30 desta sexta-feira (27). 

Ele explicou que já havia retirado o novo bilhete. Por isso, solicitou que o antigo, sem foto, fosse cancelado. Porém, o novo acabou sendo cancelado “por engano”. 

“Precisei então vir de novo no terminal para retirar, de novo, um novo Bilhete Único”, afirmou. 
A assistente de vendas Simone Belliato, 52, saiu mais cedo do trabalho para também entrar na fila do terminal Dom Pedro 2º. Ela criticou o fato de a retirada do bilhete precisar ser feita nos terminais. “A internet agiliza o processo de cadastro. Mas na hora de retirar, demora muito, pois todo mundo vem para os postos [da SPTrans]. Deveriam fazer agendamento”, afirmou. 

Durante este fim de semana, 27 postos da SPTrans, que funcionam 24 horas, podem ser procurados por passageiros que tenham já feito o cadastro na internet para a retirada no novo Bilhete Único personalizado.

Resposta

A SPTrans ressalta que somente usuários com cartões emitidos antes de 2014, do tipo comum, precisam trocá-los por novos bilhetes até segunda-feira (30). 

A empresa de economia mista acrescentou que “não há motivo para preocupação” dos usuários, caso não consigam trocar os cartões até a data limite. 

Após a segunda, acrescentou a SPTrans, o passageiro ainda pode retirar novo bilhete, pois o valor que estava no antigo será transferido normalmente. “O usuário não perde seu saldo”, afirma, em nota.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.