Roubo a residência é frustrado após vítima pedir ajuda pelo celular

Dois suspeitos foram presos e com eles recuperados cerca de R$ 40 mil em joias e relógios

Alfredo Henrique
São Paulo

Um roubo a residência foi frustrado, por volta da 1h30 desta terça-feira (8), após um arquiteto de 69 anos enviar uma mensagem, via aplicativo de celular, informando sobre a invasão de sua casa ao filho. O caso ocorreu no Morumbi (zona oeste da capital paulista). Dois suspeitos, 38 e 39 anos, foram presos. 

Segundo o arquiteto disse à polícia, ele e a esposa, uma administradora de empresas de 67 anos, ouviram que alguém mexia na porta da varanda. O idoso foi verificar o que ocorria e constatou que dois criminosos tentavam entrar na residência. Em seguida, o arquiteto se trancou no quarto com a mulher e informou sobre a situação ao filho, que acionou a polícia. 

Os dois ladrões, um autônomo e um ajudante de pedreiro, conseguiram entrar na casa. Em seguida, arrombaram a porta do quarto dos idosos, que foram amarrados com fitas adesivas. A dupla, segundo os idosos, permaneceu por cerca de 20 minutos na casa, tempo em que um terceiro ladrão entrou no local. Os criminosos separaram R$ 40 mil em joias e relógios. 

Quando os suspeitos pulavam o muro da casa, segundo a PM, um deles conseguiu fugir e o autônomo e o ajudante de pedreiro foram presos. Com eles, a polícia recuperou as joias e relógios, além de apreender dois carregadores de pistola calibre 380. 

Durante a tentativa de assalto, um Honda HR-V prata permanecia em frente à casa. O carro foi usado por três criminosos para fugir, quando perceberam a chegada da PM. O trio ainda não foi identificado pela polícia. O veículo, roubado no último dia 5, foi abandonado perto de uma favela da região. 

O caso é investigado pelo 89º DP (Portal do Morumbi). 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.