Motorista na contramão provoca morte na Régis Bittencourt

Carro bateu de frente com outro na manhã deste domingo em São Lourenço da Serra

Tayguara Ribeiro

Um motorista entrou com um carro na contramão e causou um acidente grave na rodovia Régis Bittencourt, na região de São Lourenço da Serra (Grande SP). Uma pessoa morreu e outra foi internada em estado grave. A colisão ocorreu na manhã deste domingo (22), na altura do km 307 da via, no sentido de Curitiba (PR).

Segundo a polícia, o motorista de um Fiat Strada, saiu de um dos acessos a cidade de São Lourenço da Serra e entrou no lado errado da rodovia. 

Carro entra na contramão e provoca acidente na Rodovia Régis Bittencourt, na manhã deste domingo (22) - Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Depois de andar alguns quilômetros, o veículo bateu de frente com um outro carro, um Chevrolet Prisma, que trafegava no sentido correto da rodovia.

Com o impacto da batida, o homem que dirigia o Prisma, o guarda municipal Eronildes Lopes da Silva Filho, 38 anos, morreu na hora, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal.

O condutor do veículo que estava na contramão, e que não teve seu nome informado, foi levado para o hospital e está em estado grave. O acidente aconteceu por volta das 5h.

Durante a manhã deste domingo, as faixas 1 e 2 da rodovia permaneceram interditadas para o trabalho da perícia e do resgate.

O congestionamento na região chegou a 14 km, segundo o Arteris, concessionária responsável pela via. O tráfego foi realizado pelo acostamento e foi liberado por volta de 10h30.

A Polícia ainda investiga o motivo que levou o motorista a entrar na contramão da rodovia. Também não existem informações ainda se o condutor do Fiat Strada havia consumido drogas ou álcool antes de dirigir.

Erramos: o texto foi alterado

A versão anterior deste texto informava incorretamente que as duas vitimas não haviam sido identificadas, mas apenas o nome do motorista do carro que estava na contramão não foi revelado

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.