PM vai usar megafone para espantar aglomeração nas praias de SP no feriadão

Governo diz que 20 mil PMs estarão nas estradas, cidades do litoral e estâncias no feriado de 7 de Setembro

São Paulo

O governo de São Paulo anunciou o envio de 20 mil policiais militares para cidades do litoral e estâncias turísticas durante o feriado prolongado de 7 de Setembro. O objetivo é promover a segurança nas estradas e apoiar o cumprimento das medidas sanitárias para evitar o contágio do novo coronavírus.

A medida atende ao pedido feito por prefeitos das cidades da Baixada Santista para conter a superlotação das praias durante o feriadão, como foi registrado no último fim de semana.

Nas cidades, vão usar megafones, caso seja necessário, para garantir o distanciamento social nas praias, bares e restaurantes, por exemplo. Os PMs também vão dar apoio às equipes de vigilância sanitária na fiscalização de uso de máscara, por exemplo.

Agentes da GCM de Santos alertam sobre a necessidade de uso de máscaras orla da praia - Marcelo Martins/Divulgação

A chamada Operação Independência começou nesta sexta-feira (4) e vai até a próxima terça-feira (8). Além dos PMs, as ações terão apoio de 8.080 viaturas, entre carros e motos, 11 helicópteros e oito drones. Os policiais militares atuarão tanto nas estradas como nas praias para evitar aglomerações.

Segundo o secretário da Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos, a ação será integrada com a Polícia Rodoviária Estadual, a Secretaria de Logística e Transportes, concessionárias e prefeituras.

Segundo o secretário, nas rodovias os policiais vão fazer bloqueios para fazer teste do bafômetro, além de verificar o uso do cinto de segurança e da cadeirinha infantil, além do capacete pelos motociclistas.


Por dia, a previsão é de 160 pontos de fiscalização nas estradas paulistas e 1.500 em áreas urbanas. Haverá a distribuição de 40 mil máscaras, disse o secretário.

Além disso, serão divulgadas mensagens nas redes sociais e nos painéis eletrônicos das rodovias estimulando o uso de máscara, a lavagem das mãos, o uso do álcool em gel e para evitar aglomerações.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (4), o governador João Doria (PSDB) fez um apelo aos “brasileiros de São Paulo” para que “tenham zelo ao saírem de suas casas e ir para outras cidades”. Ele lembrou ainda que cada município tem autonomia para definir limites em para parques, praças, praias e calçadões. Mas as cidades que solicitaram terão o apoio da PM para o cumprimento das medidas sanitárias e o distanciamento social.

“Por favor, tenham cuidado. Não façam aglomerações. Aglomerações colocam em risco a sua vida e as de outras pessoas. Usem máscara, sigam o exemplo correto e façam o distanciamento social de um metro e meio. Desfrutem [do feriado] mas não exponham suas vidas”, afirmou.

Medidas na Baixada para conter aglomerações

Santos

  • A Guarda Civil terá apoio da PM na fiscalização
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Praia Grande

  • A Guarda Civil e fiscais da prefeitura intensificarão ações de orientação e fiscalização
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

São Vicente

  • A Guarda Civil terá apoio da PM na fiscalização
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Peruíbe

  • A prefeitura aumentará a fiscalização por meio de monitoramento e fará campanha de orientação
  • Liberado: atividade física individual e coletiva (sem contato físico) e comércio ambulante, na areia e no calçadão, incluindo a colocação de guarda-sol. Também é permitido o uso de cadeira, guarda-sol e esteira na faixa de areia

Mongaguá

  • Serão colocadas barreiras sanitárias de conscientização na divisa com a Praia Grande e no acesso à área rural da cidade. O Mirante da Padroeira e o Poço das Antas continuarão fechados
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Guarujá

  • As ações de conscientização serão reforçadas por meio de faixas, panfletos e mensagens em carros de som. Haverá reforço policial
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Itanhaém

  • As medidas ainda estão sendo avaliadas
  • Liberado: atividade física individual e coletiva (sem contato físico) e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Ubatuba

  • Haverá aumento na fiscalização da prefeitura com a Guarda Civil
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

São Sebastião

  • Terá bloqueios sanitários nas divisas do município. Os ocupantes do veículo terão a temperatura medida pelas equipes da Saúde e responderão breve questionário
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Caraguatatuba

  • Haverá uma força-tarefa para fiscalizar comércios, transporte de turismo e monitoramento da circulação de pessoas nas praias e orlas da cidade, além de barreiras sanitárias
  • Liberado: atividade física individual e comércio ambulante, na areia e no calçadão, sem guarda-sol

Fontes: prefeituras municipais e reportagem

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.