Descrição de chapéu Zona Leste

Bairro da zona leste de SP sofre com falta d'água há quatro dias

Sabesp prometeu regularizar o abastecimento em Cidade Tiradentes ainda nesta quarta-feira (2)

São Paulo

Moradores do bairro Cidade Tiradentes, na zona leste da capital paulista, relatam problema de falta d'água na região. Em algumas ruas, as torneiras estão secas desde sábado (28). A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), gestão João Doria (PSDB), promete regularizar o abastecimento na noite desta quarta-feira (2).

Sem abastecimento, moradores estão com medo de as caixas d'água esvaziarem em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo - Rubens Cavallari - 11.abr.14/Folhapress

Moradora da rua Aldo Lombardi, a estudante Sarah Oliveira, 21 anos, relata que a água em sua casa começou a faltar já na manhã do sábado. A jovem, que mora com três crianças, afirma que está tendo dificuldade para realizar tarefas do dia a dia, como cozinhar e higienizar o ambiente, além de dar banho nos pequenos.

"De segunda para cá está sendo uma luta. Estou tendo que comprar água e comida pronta, porque não tem como cozinhar. As panelas estão sujas e não tem como lavar. A gente estava tomando banho na minha mãe, mas a caixa dela também secou. Se a água não vier hoje, não sei o que fazer", afirma. Sarah informa que sua mãe também mora no bairro.

A estudante acrescenta que entrou em contato com a Sabesp por meio de redes sociais, mas que não obteve uma resposta satisfatória. "Disseram que voltaria ontem [terça-feira] durante o dia. Depois, que à noite já teria água. Porém, hoje amanheceu e nada. Eu me pergunto até quando eles vão ficar enrolando?"

A operadora de caixa Michelle Uriel, 41 anos, que mora na rua Alexandre Davidenko, também diz estar com as torneiras secas desde sábado. "Eu tenho uma caixa de 500 litros. Estou usando só para banho, louça e comida, mas a água já está no fim e eu estou desesperada", desabafa.

Michelle conta que os moradores do bairro estão comprando galões para não ficar totalmente sem água. "Mas já está começando a faltar. E quando tem, é com preço superfaturado." Ela acrescenta que os problemas de abastecimento são comuns no bairro durante a época de calor.

Na rua Igarapé Braço Forte, a água acabou na terça-feira (1º). A recepcionista Thais Cristina Gomes Pereira, 32 anos, afirma que, no condomínio onde mora, a solução encontrada pelos moradores foi contratar caminhões-pipa. Ela se diz preocupada com a falta d'água, pois trabalha em um hospital e precisa se higienizar corretamente ao chegar em casa para evitar a transmissão de doenças.

Outro lado

Apesar de os moradores dizerem que o bairro está sem água desde sábado, a Sabesp informa que o desabastecimento teve início após uma queda de energia elétrica na região, que ocorreu na segunda-feira (30). Segundo a empresa, a Estação Elevatória de Água Tratada Santa Etelvina ficou sem luz por 31 horas, o que teria prejudicado o abastecimento.

"A maior parte dos bairros na região de Cidade Tiradentes já foi abastecida durante o dia e os pontos mais altos e distantes dos reservatórios terão o fornecimento normalizado no decorrer desta noite de quarta-feira (2)", informou a Sabesp, em nota.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.