Descrição de chapéu Coronavírus

Pessoas voltam a posto para tomar vacina após fila na zona oeste de SP

Diferentemente de quinta-feira, quando a multidão deu volta no quarteirão, atendimento foi rápido em UBS do Tatuapé nesta sexta

São Paulo

Por causa da grande fila formada na véspera, ao redor da UBS (Unidade Básica de Saúde) Santo Estevão, no Tatuapé (zona oeste da capital paulista), diversas pessoas tiveram de retornar ao local nesta sexta-feira (7) para se imunizar contra a Covid-19, no segundo dia de vacinação para pessoas com idade entre 60 e 62 anos .

A primeira a chegar à unidade de saúde, por volta das 4h, foi a ajudante de serviços gerais Vanda Jesus, 61 anos. Quando ela constatou, na quinta-feira (6), que a fila literalmente dava a volta no quarteirão do posto de saúde, ela desistiu de ser imunizada e se programou para madrugar no local nesta sexta.

No início da pandemia, em março do ano passado, ela afirmou ter testado positivo para o novo coronavírus e, por isso, não via a hora de tomar a vacina. “Senti muita dor de cabeça, fraqueza, falta de olfato e de paladar. Demoraram uns 15 dias para eu me recuperar. Agora fico mais aliviada”, afirmou.

A psicóloga Sandra Soares, 62, também chegou cedo na UBS, após saber da fila quilométrica formada na unidade de saúde no dia anterior. Ela era a segunda da fila.

“Prefiro esperar duas horas [chegou ao local por volta de 5h] até o posto abrir e garantir ser vacinada. Chegando bem cedo, como eu fiz, dá para aproveitar o dia inteiro e não ficar esperando horas e horas para o atendimento, que pode até nem acontecer”, afirmou, se referindo ao tempo para ser imunizado na cidade nesta quinta, que chegou a ser de até quase cinco horas em alguns locais.

Na UBS do Tatuapé estavam disponíveis somente doses da Oxford/AstrAzeneca. A reportagem presenciou duas pessoas que desistiram de tomar a vacina quando souberam que não havia a da Pfizer —a cidade de São Paulo recebeu 135,7 mil doses do imunizantes e a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é que acabariam nos dois primeiros dias. Os dois foram embora antes mesmo do início da vacinação no local, que começou às 7h19.

Para evitar aglomerações, funcionários da unidade controlavam a entrada em grupos de dez pessoas a cada cinco minutos, em média.

Exceções foram feitas para pessoas com deficiência, como o jornalista Domingos Grilo Serrinha, 61 anos, que ficou cego em 1994, segundo ele.

Natural de Portugal, para onde envia reportagens diariamente, ele reside no Brasil desde 1987 e também foi à UBS nesta sexta após, após no constatar a grande quantidade de pessoas no fim da tarde de quinta. “Estava cheio de gente, por isso voltamos para casa.”

Novamente acompanhado da mulher, a designer de moda Tamires Serrinha, 33, o jornalista finalmente tomou a dose da vacina rapidamente. A primeira coisa que ele pretende fazer, assim que for possível socializar sem receio de se infectar e com reforço da vacinação, é sentar em um bar e tomar um chope gelado e jogar conversa fora.

Até por volta das 15h desta sexta-feira, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, 460 doses haviam sido aplicadas na UBS do Tatuapé.

O correspondente internacional Domingos Grilo Serrinha tentou ser vacinado, nesta quinta-feira (6), na Unidade Básica de Saúde Santo Estevão, na zona leste da capital paulista. A fila fez com que ele decidisse procurar o local novamente nesta sexta (7), quando conseguiu ser imunizado contra a Covid-19 - Rivaldo Gomes/Folhapress

Mooca

A faxineira Rosinalva Souza da Silva, 60 anos, aproveitou que trabalha pertinho da UBS Mooca 1 (zona leste) e foi ao local, na manhã desta sexta-feira, para tomar sua primeira dose contra a Covid-19.

Moradora da zona norte, ela afirmou não ter esperado nem dez minutos até ser imunizada com a vacina da AstrAzeneca. "Agora estou com um alívio que não sei explicar. Este é o primeiro passo para, mais para frente, poder viajar e andar pela rua sem preocupação e sem máscara", afirmou.

Além de aplicar a primeira dose, o posto também estava oferecendo a segundo imunização para pessoas em que foram aplicadas doses da Coronavac. O motorista escolar Luciano Ramos Fernandes, 67, foi uma delas.

Sereno, o idoso explicou ter sido vacinado pela primeira vez em 12 de abril, deixando claro que tomou a vacina que lhe foi oferecida. "A melhor vacina é a disponível. Reforço isso sempre."

Ele falou não ter sentido nenhum efeito colateral após a primeira dose. "Foi só uma dor no braço, que é até bom porque mostra que foi aplicada a vacina", afirmou.

Apesar de ter tomado as duas doses do imunizante, entrando para o pequeno grupo de pessoas que atingiram essa marca até o momento no país, o motorista irá manter o uso de máscara e fazer distanciamento social. "Vou continuar respeitando os protocolos sanitários pois, mesmo vacinado, tem muito caminho ainda pela frente [até o fim da pandemia]."

Prefeitura

A Secretaria Municipal da Saúde afirmou já trabalhar com a expectativa de aumento na procura pelas vacinas, contra a Covid-19, e a consequente alta no movimento em UBSs por pessoas a partir de 60 anos. Todos os postos de drive-trhu e as 468 unidades básicas de saúde vão abrir neste sábado.

"Todas as unidades foram orientadas para isso, a logística de imunização está preparada e a vacinação acontece dentro da normalidade, com movimento organizado e pessoas vacinadas", diz trecho de nota.

A secretaria recomenda que a ida aos locais de vacinação aconteça de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos, e com o pré-cadastro no site Vacina preenchido, para agilizar o tempo de atendimento. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço completo, telefone e data de nascimento para concluir o cadastro.

Onde se vacinar

  • Centros-escolas
    Horário: das 8h às 17h
    1. Centro-Escola Barra Funda - Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 283, Bom Retiro
    2. Centro-Escola Geraldo Souza - Av. Dr. Arnaldo, 925, Sumaré
    3. Centro-Escola Samuel Barnsley Pessoa – Av. Vital Brasil, 1.490, Butantã

  • Postos drive-thru

  • Horário: das 8h às 17h

  • Arena Corinthians
    Av. Miguel Ignácio, 2.492 Curi, Portão E4

    Igreja Boas Novas
    Rua Marechal Mallet, 535, Vila Prudente

    Autódromo de Interlagos
    Rua Jacinto Júlio, altura do nº 589 – Portão 9, entrada KRF

    Clube Hebraica
    Rua Ibiapinopolis, 781- na parte superior do Clube

    Memorial da América Latina
    Rua Tagipuru, 500 (referência Portão 2)

    Estádio do Morumbi
    Av. Giovanni Gronchi, 1.920 - Portão 15

    Complexo Esportivo do Ibirapuera
    Rua Marechal Estenio Albuquerque Lima, 413

    Parque Villa-Lobos
    Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1.025- Portão 3 - Alto de Pinheiros

    Clube Atlético Monte Líbano
    Rua do Gama, 261 - Jardim Luzitania

    Shopping Aricanduva
    Av. Aricanduva, 5.555, Estacionamento Auto Shopping Acesso pelo Portão P4

    Centro de Exposições do Anhembi
    Rua Olavo Fontoura, portão 38

    Club Athletico Paulistano
    Rua Honduras, 1.400 - Jardim América

    Shopping Anália Franco
    Av. Regente Feijó, 1.739 - Tatuapé, São Paulo

    Hospital Dom Alvarenga
    Av. Nazaré, 1.361 - Ipiranga

    Shopping Interlagos
    Av. Interlagos, 2.255 - Estacionamento Subsolo, portão 5 - Interlagos

    Subprefeitura de M’Boi Mirim
    Av. Guarapiranga, 1.695 – Pq Alves de Lima

    Subprefeitura de Itaim Paulista
    Av. Marechal Tito, 3.012 - Itaim Paulista

    Mais Shopping
    Rua Padre José Maria, S/N - Estacionamento G 2 Mais Shopping

    Subprefeitura da Penha
    Rua Mandu, 451 - Penha

    Shopping Campo Limpo
    Estrada do Campo Limpo, 459, Vila Prel

    Novartis Biociências S.A.
    Av. Professor Vicente Rao, 90, Santo Amaro

    Mega Vila Maria
    Rua Gastão Madeira, 226, Vila Maria Alta

    Shopping Raposo Tavares
    Rodovia Raposo Tavares, km 14,5

    Igreja Pentecostal Deus é Amor
    Av. do Estado, 4568

    Atacadista Assai
    Av. São Miguel, 6838

    Shopping Jardim Sul
    R. Itacaiúna, 61 - Vila Andrade

    Shopping Penha
    Rua Ribeiro, 304

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.