Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Com mais sofrimento do que bola, Timão passa nos penais

São Paulo

Vou acender velas para são Jorge... Alô, povão, agora é fé! A Ferroviária não é o Racing, mas, como na Sul-Americana, a classificação alvinegra foi sofrida e veio nas penalidades, após outro empate por 1 a 1. Cássio pegou a penalidade de Thiago Santos, Tony chutou fora do estádio, e o Timão, que só desperdiçou com Avelar, avançou com mais estrela do que juízo...

O jogo? Só Clayson jogou bola. Parafraseando Tite, o externo desequilibrante, abusando da sinapse no terço final, ofereceu o 1 a 0 a Júnior Urso. Vale lembrar que, no péssimo jogo alvinegro em Araraquara, o gol do 1 a 1 veio no fim com jogada similar de Clayson, concluída, na ocasião, por Gustagol.

O atacante Pedrinho vibra após marcar o gol de pênalti que deu a vaga  nas semifinais ao Corinthians
Pedrinho vibra após marcar o gol de pênalti que deu a vaga nas semifinais ao Corinthians - Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians/Divulgação

Voltando ao jogo de Itaquera, a Ferroviária não precisou fazer nada para empatar. Manoel, que joga por teimosia inexplicável de Carille, desviou contra chute torto de Diego Mateus.

Agora, Corinthians e Santos, que empataram os dois confrontos que fizeram neste ano, ambos em Itaquera, voltarão a duelar domingo, na casa corinthiana, pelo confronto de ida das semifinais.

Já o São Paulo, ao contrário do Timão, não teve a sua vaga ameaçada em nenhum momento. Até porque não aconteceu rigorosamente nada no primeiro tempo em Itu. E, no segundo, quando o acomodado Ituano ameaçava fazer cócegas na defesa tricolor, Liziero beijou a rede e selou a classificação após jogadaça de Antony. Único time que venceu os dois jogos das quartas de final, o São Paulo chega às semifinais mais forte do que estava antes de eliminar o Ituano. Mas o Palmeiras, que enfiou 5 no Novorizontino, é o favorito do confronto. Porém, o Paulistão, à vera, começará sábado, com o Choque-Rei do Estadual!

Viva o mata-mata!

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.