Na decisão do Paulista, Cuca pode quebrar novos tabus

Nos últimos anos, o técnico tem superado marcas históricas com as suas equipes

Claudinei Queiroz
São Paulo

Depois de quebrar alguns tabus quando dirigia o Palmeiras (sobretudo o de voltar a ser campeão brasileiro após 22 anos), Cuca tentará fazer o mesmo no Tricolor. Serão três em um: voltar a ganhar um mata-mata do Corinthians, o que não acontece desde o Paulista de 2000, sair da fila do Paulista (o último caneco foi em 2005) e voltar a dar uma volta olímpica após sete anos. O último foi o da pouco importante Copa Sul-Americana, que na época nem vaga para a Libertadores dava.

Além disso, ainda há o fato de o Tricolor não ter vencido clássicos neste ano. No entanto, com a confiança pela eliminação do favorito Palmeiras, a torcida sabe que qualquer coisa é possível neste Paulistão.

Técnico Cuca segura a bola enquanto dá orientações aos jogadores do São Paulo no CT da Barra Funda
O técnico Cuca orienta a equipe são-paulina durante o treino no CCT da Barra Funda - Rubens Chiri - 6.abr.19/saopaulofc.net

Ainda mais se o comandante repetir o sucesso conquistado com o Palmeiras em 2016. No Estadual daquele ano, o Verdão derrotou o Corinthians por 1 a 0 e comemorou o término de um incômodo tabu de 20 anos sem vitória sobre o arquirrival no estádio do Pacaembu.

Outro tabu foi quebrado contra o Inter (1 a 0), no Beira-Rio, onde o Alviverde não vencia havia 19 anos.

Outras marcas quebradas foram bater o Athletico-PR na Arena da Baixada, por 1 a 0, após oito anos, e superar o Sport na Ilha do Retiro, por 3 a 1, depois de sete anos.

E para acompanhar mais de perto o desempenho de sua equipe, Cuca se mudou de Curitiba para o CCT do Tricolor, na Barra Funda.

Lá dentro ele consegue manter o contato com os jogadores e acompanhar de perto os trabalhos feitos. A ideia é dar confiança para todos e, pelo visto, o resultado foi positivo.

UOL
Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.