Peixe avança à quarta fase da Copa do Brasil

Em sua volta à Vila Belmiro, Alvinegro repete esquema com o qual engoliu o Timão para superar o Atlético-GO

Fora do campo, de costas para a imagem, o meio-campista uruguaio Carlos Sánchez celebra seu primeiro gol no duelo com o Atlético abraçado a Jean Mota e esperando as chegadas de Rodrygo e Soteldo
Carlos Sánchez comemora seu primeiro gol no duelo com o Atlético-GO com os companheiros de Peixe - Santos FC/Divulgação
Felipe Cerqueira

A volta do Santos à Vila Belmiro após 2 meses e 23 dias foi festejada com uma boa apresentação contra o Atlético-GO e a consequente classificação à quarta fase da Copa do Brasil. A equipe dirigida por Jorge Sampaoli dominou o adversário, venceu por 3 a 0 e reverteu a vantagem de um gol que o Dragão havia conquistado na ida.

O adversário do Peixe na próxima fase, a última antes das oitavas de final, será definido nesta sexta-feira (12), às 11h, em sorteio na sede da CBF. Estão classificados, além do Alvinegro Praiano, Bahia, Chapecoense, Corinthians, Fluminense, Juventude, Londrina, Santa Cruz e Vasco. A décima equipe sairá do ainda não iniciado confronto entre Vila Nova e Bragantino-PA.
 

Para eliminar a equipe goiana, o Santos repetiu a estratégia que deu certo nos 90 minutos do duelo com o Corinthians. Victor Ferraz e Diego Pituca foram laterais quando o Peixe não tinha a bola e volantes no momento ofensivo da equipe. Na frente, o quinteto ofensivo formado por Rodrygo _que ganhou o lugar de Cueva_, Sánchez, Derlis González, Jean Mota e Soteldo se movimentou freneticamente e fez o goleiro Kozlinski trabalhar.

O cansaço não deixou com que o domínio fosse tão amplo como no clássico. O Dragão teve ótima chance para abrir o placar, mas Everson salvou o Santos. Também pôde diminuir quando o jogo estava 2 a 1, mas Pedro Bambu chutou para fora. O volume, porém, foi parecido. Mas só aos 45min do primeiro tempo Sánchez abriu a porteira, após Jean Mota deixá-lo na cara do gol.

No segundo tempo, dois golaços definiram a vaga. Rodrygo estufou o “véu da noiva” com chutaço cruzado logo no segundo minuto. Aos 40min, Sánchez recebeu de Soteldo na área e fuzilou.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.