Caneladas do Vitão: A grande vitória imaginada do novo líder real do Brasileirão

Vitor Guedes

Mande notícias do mundo de lá, diz quem fica, me dê um abraço, venha me apertar... Alô, povão, agora é fé! Ninguém viu, mas o Palmeiras venceu o Atlético-MG, por 2 a 0, gols de Bruno Henrique, um em cada tempo, e é o novo líder do interminável Campeonato Brasileiro de pontozzz corridozzz.

Alfred Hitchcock, mestre do suspense, imortalizou a máxima de que "existe algo mais importante que a lógica: a imaginação. Se a ideia é boa, jogue a lógica pela janela". Atlético-MG 0 x 2 Palmeiras foi assim.
Imaginemos uma vitória épica do novo líder do Brasileirão. Se bem que, com transmissão ao vivo pelo rádio e com relato ao vivo atualizado lance a lance em portal de internet, não dá para dizer que foi um grande suspense. E, como o primeiro gol foi anotado por Bruno Henrique já no primeiro tempo, também seria exagero dizer que o palestrino sofreu muitos sustos.

Bruno Henrique celebra um gol que ninguém viu ao vivo pela TV - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Na verdade, o palmeirense amou a vitória à distância. Não viu. Nem na TV aberta, nem na fechada, nem no sistema pagar para ver, mas curtiu o jogo que valeu a liderança com a família, após a macarronada da mamma. Sem porca miséria!

Eu, que não sou palmeirense e almocei com a minha mãe são-paulina antes de assistir ao massacre santista por 3 a 0 em cima do lanterna Vasco, lembrei-me muito da minha saudosa nonna Cida, parmerense fanática. Que nunca via o jogo do time dela porque as duas filhas, são-paulinas, e, principalmente, os seis netos, todos corinthianos, tomavam conta do controle da TV.

E ela, que ficou viúva nova do vô Pepe, corinthiano fanático, ia ao banheiro acender um cigarrinho escondido como se ninguém fosse notar o fedor ("só para tirar o gosto do remédio, filho"), ligava o radinho de pilha para saber quando tava o seu "Parmera"... E, se tivesse vencendo, aparecia na sala feliz e, às vezes, ensaiava um meigo "chupa" para toda a família.

Ontem, Dia das Mães, não teve Parmera na TV na ZL"... E o "chupa, malocada" fez falta.

Fernando Pessoa: "É preciso ser um realista para descobrir a realidade. É preciso ser um romântico para criá-la".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Destaques da 4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Em uma semana em que o planeta bola ficou estupefato e maravilhado com o futebol ofensivo, corajoso e emocionante de Liverpool e Tottenham nas viradas sobre Barcelona e Ajax, respectivamente, nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa, fez muito bem ao futebol brasileiro a coletiva atuação santista, com ótimos destaques individuais de Pituca e Rodrygo, contra o confuso time vascaíno. Qualquer xenofobia é cretina e ignóbil, mas, horas depois de o Manchester City conquistar o ótimo Campeonato Inglês, o torcedor brasileiro também merecia ver um bom jogo de futebol disputado no país.

selelaça caneladas vitao 13 de maio
Arte Agora
selelama caneladas vitao 13 de maio
Arte Agora
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.