Santos leva um baile do Palmeiras no Pacaembu

Time de Felipão atropela o Peixe, aplica 4 a 0 e assume a liderança isolada do Brasileirão

Toni Assis
São Paulo

O Brasileiro ainda está na quinta rodada, mas o Palmeiras já mostrou que é o grande adversário a ser batido na competição. Neste sábado (18), no choque de líderes do campeonato, o Verdão atropelou o Santos.  Fez 4 a 0 —poderia ter ampliado o placar— e se isolou na tabela com 13 pontos.

E os números corroboram a condição do Palmeiras de bicho-papão. O Verdão tem o melhor ataque do  torneio, com 12 gols, e foi vazado somente uma vez. 

Para Dudu, a goleada de  ontem foi fruto do que foi trabalhado na semana. “A gente sabia que teria menos posse de bola, por isso, adiantamos a marcação e imprimimos um ritmo forte no início do clássico”, afirmou o camisa sete.

No confronto, a vantagem veio logo aos 5min. Dudu cobrou falta da esquerda e o  zagueiro Gustavo Gómez marcou de cabeça: 1 a 0.

Gustavo Gómez (à dir.) comemora com Bruno Henrique o seu gol, o primeiro do Palmeiras na goleada por 4 a 0 sobre o Santos, no Pacaembu
Gustavo Gómez (à dir.) comemora com Bruno Henrique o seu gol, o primeiro do Palmeiras na goleada por 4 a 0 sobre o Santos, no Pacaembu - Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

O time da Vila teve a  chance em jogada de Soteldo pela esquerda, que Lucas Veríssimo bateu para fora.
Mas os seguidos erros na saída de bola castigaram o time de Jorge Sampaoli.

Zé Rafael ganhou lance de Diego Pituca e acionou Dudu na direita. Ele cruzou  rasteiro na área e Deyverson se antecipou ao zagueiro Felipe Aguilar para ampliar o marcador aos 18min.

A partir da segunda metade do primeiro tempo, o Palmeiras diminuiu o ritmo. Mas o Santos não soube se impor e não conseguiu ameaçar o gol de Weverton.  

No final do primeiro tempo, em outro lance de bola parada, Raphael Veiga obrigou Vanderlei a difícil defesa em cobrança de falta.

A expectativa para a volta do intervalo era de um Santos mais agressivo. Porém, com 7min, o Palmeiras balançou a rede de novo. 

Raphael Veiga arrancou e, da entrada da área, chutou forte. A bola desviou em Felipe Aguilar, enganou Vanderlei e entrou: 3 a 0.

O duelo ficou ainda mais à feição do Alviverde, que passou a viver de contra-ataques. Em duas oportunidades claras, Dudu quase ampliou o placar.

O Santos se lançou ao ataque e acertou a trave   com Carlos Sánchez. Mas a  noite ontem era do Verdão.
Numa escapada de Dudu pela direita, o atacante prendeu a bola até achar Hyoran livre na área. O jogador, que entrou no segundo tempo, fuzilou Vanderlei e fechou o jogo em 4 a 0.

Para a próxima rodada, o Santos vai ter dois desfalques importantes. Alison e Derlis González levaram o terceiro cartão amarelo e não enfrentam o Internacional na Vila Belmiro.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.