Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: VAR rouba a cena na goleada palmeirense

Vitor Guedes
São Paulo

Fique de olho no apito, que o jogo é na raça e uma luta se ganha no grito, e se o juiz apelar, não deixe barato, ele é igual a você e não pode roubar... Alô, povão, agora é fé! Com um "pênalti" indecente inventado pelo lixo do VAR e convertido por Raphael Veiga, outro tento de Borja, gol de Scarpa e Dudu passando a régua, o Palmeiras despachou o fraco Godoy Cruz (4 a 0) e é quadrifinalista da Libertadores.

Dudu comemora o seu gol, que fechou a goleada de 4 a 0 sobre o fraco Godoy Cruz, no Allianz Parque
Dudu comemora o seu gol, que fechou a goleada de 4 a 0 sobre o fraco Godoy Cruz, no Allianz Parque - Nelson Almeida/AFP

O primeiro tempo não existiu. O Godoy Cruz conseguiu seu objetivo de descer vivo para o vestiário, o Palmeiras conseguiu manter a vantagem e, por mais paradoxal que seja, a medonha primeira etapa agradou a ambos. O que matou o confronto, já na etapa complementar, foi a "penalidade" bizarra apontada pelo armagedônico circo eletrônico e confirmada pelo caseiro soprador de apito Esteban Ostojich. Só aí, com a situação decidida, o Palmeiras começou a jogar bola. E, com naturalidade e facilidade, chegou à goleada por 4 a 0 e acabou com a série de cinco jogos sem vitória.

Tão constrangedora quanto a absurda marcação foi a vibração de Borja quando o juiz fez o sinalzinho patético com as mãos e correu em direção à cabine do VAR. Muito melhor a comemoração do colombiano após aproveitar a caçada de borboleta do goleiro Mehring. E ainda tinha tempo para Scarpa e Dudu fazerem a festa com a torcida que canta e vibra. Tão inconteste quanto a classificação palmeirense é o fato de que o VAR é a morte do futebol. Agora, nas quartas, provavelmente contra o Grêmio, vai começar a Libertadores à vera para o Verdão. Seja o que o VAR quiser!

Independentemente de ideologia e do time de coração, há 504 dias as pessoas decentes, que não aplaudem assassinatos, exigem saber quem mandou matar a vereadora carioca Marielle Franco. Mas já sabemos que foi a desprezível chapa Fiel Escudeiros a responsável por envergonhar e manchar a história do time do povo e da Democracia Corinthiana. Wadhi Helu deve estar orgulhoso! Coitado do Doutor Sócrates...

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.