Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Ótimo início da era Crespo não ilude são-paulinos escolados

Jogando aberto, Daniel Alves ainda é muito acima da média no país

São Paulo

Vem novamente à disputa, meu povo, à luta, Vai-Vai... Alô, povão, agora é fé! Hoje, às 21h30 (horário da ZL), no Peru, o embalado São Paulo é favorito contra o Sporting Cristal em pega do Grupo E da Libertadores.

Na fila e escaldado com o enganador bom início de 2020 com Fernando Diniz (quando a arrancada inicial não impediu o vexame contra Binacional na Libertadores, a vergonhosa eliminação para o catadão do zap-zap travestido de Mirassol no Paulista, a queda para o Lanús na Sul-Americana e a pipocada no Brasileiro), a ressabiada torcida está animada, mas com parcimônia com o time de Crespo.

Aos 37 anos, Daniel Alves mostrou que ainda é acima da média quando atua aberto pela direita,  e não centralizado como meia
Aos 37 anos, Daniel Alves mostrou que ainda é acima da média quando atua aberto pela direita, e não centralizado como meia - Rubens Chiri - 22.jan.21/saopaulofc.net/Divulgação

O argentino acertou em não dar ouvido à parcela soberba da coletividade são-paulina que faz pouco caso do Paulista e aproveitou a competição para jogar à vera, buscar identidade, ganhar confiança e crédito com a massa ao atropelar o Santos e vencer pela segunda vez em sua história o Palmeiras no Allianz.

Aliás, a boa atuação de Daniel Alves como lateral no Choque-Rei escancarou o que já era óbvio: jogando aberto na direita, e não no meio, o veterano ainda é muito acima da média e pode decidir, como decidiu contra o Palmeiras ao roubar o doce de Scarpa e açucarar para Pablo...

Daniel Alves na direita, Reinaldo na esquerda, Benítez, que é mais jogador que Igor Gomes, dando sustentação criativa a Luan e Nestor, Luciano, Eder e Pablo se revezando na formação de dupla de área... O São Paulo, com um goleiro mais confiável do que Volpi, falando grosso e deixando de afinar em jogo grande como tem afinado na última década, pode dar trabalho e voltar a ser candidato real às principais competições. Até porque Flamengo e Palmeiras, que têm mais grana e elenco, não estão jogando esse futebol todo... E, registre-se, tanto Fla quanto Ceni são freguesaços tricolores! Vamos, São Paulo!

Chico Xavier: "Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! No agora.com.br! E no youtube.com/blogdovitao!

Dentro do alçapão
A piaba de 3 a 0 sofrida pelos reservas contra a Ponte Preta não pode abalar a confiança do clube que passou pelo Deportivo Lara e San Lorenzo para chegar à fase de grupos. Em uma chave complicada, é fundamental o Peixe estrear com vitória em casa. Palpites: Santos 2 x 1 Barcelona e Sporting Cristal 0 x 2 São Paulo.

Mais Libertadores
Títulos do Brasileiro e da Supercopa não acabaram com a desconfiança da torcida rubro-negra em relação ao técnico Rogério Ceni, sensação reiterada com a derrota de 3 a 1 para o Vasco. Ainda assim, apesar de Ceni, o melhor elenco é um dos favoritos ao título. Palpites: Vélez 1 x 1 Flamengo e Always Ready 0 x 1 Inter.

Vitor Guedes
Vitor Guedes

44 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.