Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Operadora não envia conta por email

Professora não consegue pagar a mensalidade da Vivo por não receber o código de barras

Havolene Valinhos
São Paulo

Desde o dia 26 de fevereiro, a professora Marcia Araújo, 52 anos, do Jardim Guarani, Brasilândia (zona norte, não recebe mais as contas da Vivo por email. Ela afirma ter um plano pós-pago de celular, pelo qual paga a mensalidade de R$ 76.

“Não consigo efetuar o pagamento e, então, ficam ameaçando bloquear a linha e prejudicar os serviços. Quero pagar e estou sendo impedida por um erro no sistema da operadora. Já fui à loja da Vivo e não imprimem a fatura, pedi o código de barras, ninguém manda”, diz.

 
Marcia Araújo diz que loja da Vivo não imprime fatura
Marcia Araújo diz que loja da Vivo não imprime fatura - Rivaldo Gomes/Folhapress


Marcia relata que já ligou diversas vezes para a central de atendimento da operadora para reclamar, mas não é atendida. “Eles colocam em um menu com um monte de informações que não interessam, mas não transferem para um atendente que resolva o problema.

Em vez disso, ficam mandando acessar site e aplicativos. Depois colocam o cliente na espera e dão a maior canseira até cair a linha”, queixa-se.

“Não posso ser prejudicada. Sempre paguei certinho e, se a Vivo não resolver, vou acionar a Justiça. Quando é erro do consumidor a empresa cai em cima, mas neste caso, não”, reclama.

Vivo
Tel.: 10315

Consumidora recebe fatura

A Vivo informa que foi alterado o endereço de email cadastrado, conforme solicitação da cliente. A operadora diz ainda que entrou em contato com a consumidora.

A empresa afirma estar à disposição de seus consumidores por meio da central telefônica 10315 (fixa) e *8486 (móvel), das lojas físicas e do SMS.

Ao Agora a leitora confirmou o recebimento da fatura. “Tinham o email que sempre utilizei, mas pelo menos desta vez enviaram a conta.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.