Descrição de chapéu INSS

Oito em dez defendem aposentadoria aos 60 anos

A maioria é a favor da criação da idade mínima e de novas regras previdenciárias

Fernanda Brigatti
São Paulo

​Oito em dez brasileiros ouvidos em pessquisa realizada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) defendem que a aposentadoria seja concedida ao trabalhador com até 60 anos de idade.

Desses, um quarto (25%) acredita que a idade com a qual um segurado deve ter o benefício previdenciário é ente os 51 e 55 anos. Para 22%, o ideal é antes ou aos 50 anos. Idades entre 61 e 64 anos são vistas positivamente por 13% dos entrevistados; já a aposentadoria acima de 65 anos só agrada a 6%.

A proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo Jair Bolsonaro (PSL) prevê que as mulheres só possam ter a aposentadoria aos 62 anos, e os homens, aos 65 anos de idade. O tempo mínimo de contribuição será de 20 anos.

A maioria apoia a necessidade de reformar a Previdência Social. Chega a 59% a soma dos que concordam totalmente e daqueles que dizem concordar apenas em parte. Quase um em quatro (23%) é totalmente contra a proposta e 13% dizem discordar em parte.

Esse apoio muda entre os que dizem conhecer a proposta. Neste caso, 51% são contrários ao projeto. O percentual dos que estão por dentro do que Bolsonaro quer para a Previdência é baixo e apenas 6% disseram ter amplo conhecimento do texto. A pesquisa também chegou a 23% que disseram não saber que o governo apresentou uma proposta.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.