Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Cliente reclama de serviços da TIM; veja outras reclamações

Leitor afirma que linha de telefone e internet da TIM não estão funcionando

Havolene Valinhos Laíssa Barros
São Paulo

O estudante Mauro Sérgio de Almeida Júnior, 20 anos, de Lobato (PR), conta que tem uma linha pré-paga da TIM que não funciona como deveria.

Segundo o leitor, a operadora é a única que tem cobertura de telefonia móvel em sua cidade e ele já registrou inúmeras reclamações na central da empresa.
Almeida Júnior diz que faz, em média, recargas de R$ 40 por mês. No entanto, não consegue utilizar a linha como gostaria. 

“A TIM presta um serviço de péssima qualidade. Na região onde eu moro não conseguimos completar uma ligação, a velocidade de internet que é liberada nunca é a prevista em contrato e, frequentemente, a rede fica congestionada. Para se ter ideia, quando temos sinal de internet trava o tempo inteiro”, afirma o leitor à reportagem.

São Paulo, SP, Brasil, 21-02-2019: Celular Motorola. (foto Gabriel Cabral/Folhapress)

“Não sei mais a quem recorrer, pois fiz dezenas de queixas a vários órgãos de proteção ao consumidor, mas nem assim a operadora tomou as devidas providências para resolver essa situação de forma definitiva”, reclama ao Agora. “Peço a intervenção do Defesa do Cidadão para que o caso seja resolvido.” 

Operadora não identifica irregularidade

A TIM informa que, após análise, não foi identificada irregularidade na linha. A operadora diz que a percepção de má qualidade de dados é em função da cobertura 4G e a TIM possui planos de melhoria de cobertura naquela região.

Outras reclamações

Nissan

O motorista Rafael Alves da Silva, 35 anos, da Vila Industrial (zona leste), diz que, em fevereiro, comprou um carro zero-quilômetro, que, no último dia 6, apresentou um defeito no freio, disco e na pastilha. “Deixei-o na concessionária Nissan, mas estão demorando para consertá-lo”, conta. 


Resposta  

A Nissan do Brasil informa que as questões indicadas foram devidamente solucionadas. Conforme contato feito pela empresa, após a substituição das peças relacionadas ao sistema de freio, o cliente retirou o veículo, que se encontra em perfeitas condições de uso, segundo a montadora.


Sky  

O aposentado Ailton Bezerra de Lima, 66 anos, afirma que, em abril, contratou um pacote de filmes da Sky por R$ 39,95, mas, em maio, mandaram uma fatura no valor de R$ 79,90. “Disseram que se eu cancelar, terei que pagar uma multa por quebra de contrato.” 


Resposta 

A Sky informa que o valor de R$ 39,95 não é fixo, somente na primeira mensalidade, que é o preço do pacote contratado (Smart HD 2018 R$ 79,90) com 50% de desconto. As demais mensalidades são no valor integral do pacote. O cliente pode optar pelo plano básico da Sky com 48 canais, no valor de R$ 56,90.

Prefeitura 

 A aposentada Edna Franco dos Santos, 67 anos, da Freguesia do Ó (zona norte), afirma que, desde 2017, solicita à Prefeitura de São Paulo a retirada de uma árvore que fica em frente à sua casa, mas reclama que, até o momento, o seu pedido não foi atendido. “Não aguento mais esperar por uma definição da subprefeitura”, queixa-se. 


Resposta 

A Subprefeitura da Freguesia do Ó informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que um engenheiro agrônomo realizou nova vistoria no último dia 25 e não constatou a necessidade de retirada da árvore. O órgão diz ainda que apenas será realizado o serviço de poda pela concessionária de energia elétrica.

Vivo 

O aposentado Valter Neves, 71 anos, de Mogi das Cruzes (57 km de SP), conta que a Vivo está cobrando serviços não contratados no valor de R$ 30 por mês. “Estou há meses reclamando e a operadora não resolve. Já disseram até que é uma cobrança normal, mas eu nunca solicitei esse serviço, como pode ser normal pagar por isso?”, diz Neves. 


Resposta 

A Vivo informa, em nota, que a situação do cliente está regularizada. “Obrigada, Agora, só consegui por causa de vocês”, afirmou o leitor em novo contato.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.