Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Feira livre não respeita horário, diz leitor; veja reclamações

Munícipe afirma que algumas barracas ficam até as 18h

Ana Paula Branco Havolene Valinhos
São Paulo

Na avenida Moacir Dantas Itapicuru, em São Miguel Paulista (zona leste de São Paulo), a feira livre é realizada às quintas-feiras. E, de acordo com Ricardo Dias dos Reis, não acaba às 14h, como determina a legislação municipal.

“Algumas barracas vendem até 15h e a rua fica suja e intransitável até 17h30, 18h. Não tem fiscalização?”

Keiny Andrade -5.jul.18/Folhapress


Resposta A Subprefeitura de São Miguel Paulista esclarece que a feira livre mencionada é fiscalizada constantemente e, quando flagrados ultrapassando o horário, os feirantes são autuados. A prefeitura afirma que no mês de junho fará nova fiscalização.

Oi

O operador de telemarketing Osvaldo Vieira de Moura Júnior, 32 anos, da Sé (região central), afirma que sua linha Oi tem sinal 5G, mas ele não consegue navegar nem usando o 4G. O sinal é falho, muito ruim. Pago mais de R$ 100 por mês e não consigo usar.” O consumidor diz que já reclamou com a Oi, mas não recebeu resposta.

Resposta A Oi, em nota enviada por meio de sua assessoria de imprensa, afirma que entrou em contato com o cliente para esclarecimentos. A operadora esclarece que está otimizando a rede local e o sinal deve normalizar em breve.

Vivo 

O analista de tecnologia Felipe Cassante de Lima, 33 anos, do Butantã (zona oeste), conta que se mudou para um condomínio e, há um mês, solicitou à Vivo a instalação da internet, mas reclama que, até o momento, não foi atendido.

“Três técnicos foram ao local e não conseguiram resolver a situação. Eles dizem que não há mais espaço da rede da Vivo para instalarem, porém, quando a gente liga na operadora, falam que a rede não está saturada.”

De acordo com Lima, a empresa pediu que ele aguarde um retorno ou cancele o serviço solicitado.
“Enquanto isso, a fatura é cobrada normalmente. A última enviaram no valor de R$ 250”, afirma.

Resposta A Vivo informa, por meio de nota, que, após ajustes técnicos, o serviço do consumidor foi instalado e está funcionando normalmente. 

Ao Agora o leitor confirmou a informação. “Mas precisei reclamar muito.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.