Descrição de chapéu INSS

Pedido de benefício do INSS fica sete meses sem resposta

Aposentadoria foi solicitada para o INSS no final de outubro do ano passado

Clayton Castelani
São Paulo

Após completar 60 anos, a dona de casa Sandra Regina da Silva contou suas contribuições ao INSS e descobriu que já tinha mais do que os 15 anos necessários para pedir a aposentadoria por idade ao INSS.

O pedido ocorreu em outubro do ano passado, mas ela ainda espera pela resposta.

A dona de casa Sandra Regina da Silva, 60 anos, mostra os seus carnês de contribuição para a Previdência Social
A dona de casa Sandra Regina da Silva, 60 anos, mostra os seus carnês de contribuição para a Previdência Social - Rivaldo Gomes/Folhapress

Desde que apresentou o requerimento, Sandra vem mantendo contato com o INSS por meio do telefone 135. A resposta é sempre a mesma: o benefício está em análise. “Isso é um absurdo, eles deram o prazo de 45 dias e até agora não saiu.”

Nos últimos anos, Sandra trabalhou como empregada doméstica para ajudar a pagar as contas da casa, sempre contribuindo com a Previdência por meio das guias de recolhimentos para contribuintes individuais. “Paguei a Previdência por mais de dez anos”, diz.

Outros períodos de contribuição são comprovados pelas carteiras profissionais, onde estão os registros como funcionária de fábricas de calçados e de roupas, entre outros. “São mais de 15 anos só de carteira assinada”, recorda. “Já trabalhei muito”, conta. 

A segurada sabe que a espera pela aposentadoria, em caso de concessão do benefício, será compensada com o pagamento dos valores atrasados, corrigidos pela inflação.

Mas ela explica que os retroativos não resolverão as dificuldades financeiras enfrentadas pela família. “Não adianta o INSS pagar os atrasados de uma vez, eu preciso do dinheiro mês a mês”, reclama.

Aposentadoria foi concedida

A Superintendência do INSS em São Paulo informou que a aposentadoria por idade da segurada foi concedida em 4 de junho, com pagamento retroativo a 17 de outubro de 2018.

Caso a segurada tenha a senha do site www.meu.inss.gov.br, ela poderá ter acesso aos dados de seu benefício nesse endereço eletrônico. Em caso negativo, ela poderá cadastrar a senha no site ou aguardar uma carta do INSS com as informações.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.