Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Segurado aguarda aposentadoria pedida em janeiro

INSS não encontrou restrições na solicitação, mas continua a analisar

Ana Paula Branco
São Paulo

O gráfico Marco Antonio Silva tem 35 anos e seis meses de contribuição ao INSS e solicitou a aposentadoria em janeiro deste ano. Desde então, aguarda o benefício.

Marco Antonio da Silva tem 53 anos de idade e mais de 35 anos de contribuição e conta que solicitou o benefício em janeiro e foi informado pelo INSS de que há poucos servidores para analisar os pedidos
Marco Antonio da Silva tem 53 anos de idade e mais de 35 anos de contribuição e conta que solicitou o benefício em janeiro e foi informado pelo INSS de que há poucos servidores para analisar os pedidos - Rivaldo Gomes/Folhapress

"Em junho, entrei em contato com eles, para checar se havia alguma pendência, mas afirmaram não haver restrição", relata.

"Disseram que, como tem pouco servidor, estão demorando para dar resposta e que eu deveria esperar. No momento, estou desempregado. Minha única renda seria essa aposentadoria", afirma Silva.

O segurado passou por uma cirurgia (ardrodese) na coluna lombar em 2018 e, quando retornou ao trabalho, foi demitido. "Tenho agora quatro pinos e duas travas na coluna", relata o leitor à reportagem.

Em 2017, Silva ficou meses afastado e tentou retornar à atividade após alta do INSS. No entanto, o médico da empresa não autorizou.

"Entrei com novo pedido no INSS, fiz a cirurgia e fiquei afastado até dezembro do ano passado. E, após 17 anos na empresa, fui demitido", conta o gráfico.

"Como eu já esperava a demissão, dei entrada na aposentadoria, mas, infelizmente, até agora, nada. Não sei mais a quem recorrer. Até quando terei que esperar por uma resposta do INSS e pelo benefício?"

INSS concede o benefício

O INSS esclarece que a aposentadoria por tempo de contribuição do segurado foi concedida em 10 de julho, com pagamento retroativo a 24 de dezembro de 2018.

O instituto afirma que, em consulta aos sistemas, verificou que o segurado já tomou conhecimento da concessão do seu benefício no site meu.inss.

Ao Agora o leitor disse ter recebido o comunicado do INSS informando a concessão do benefício.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.