Descrição de chapéu INSS

Como votaram os senadores na reforma da Previdência

Placar final foi de 56 votos a favor e 19 contrários; eram necessários 49 votos para aprovação da proposta

Cristiane Gercina
São Paulo

Os senadores aprovaram, na noite de terça-feira (1º), o texto-base da reforma da Previdência. Com isso, as mudanças nas aposentadorias de trabalhadores do INSS e dos servidores da União avançam.

O placar final foi de 56 votos favoráveis e 19 contrários. A aprovação ocorreu com sete votos a mais do que o necessário. Para passar, uma PEC (proposta de emenda à Constituição), como é o caso da reforma da Previdência, precisa do apoio de 49 dos 81 senadores da Casa.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) e o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado para votação do relatório da Reforma da Previdência - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Dentre as principais mudanças está a criação de idade mínima nas aposentadorias, que será de 65 anos no caso dos homens e de 62 anos, no das mulheres. A regra valerá para trabalhadores da iniciativa privada e servidores federais.

A PEC traz ainda outras mudanças no cálculo das aposentadorias, no tempo mínimo de contribuição e em outros benefícios previdenciários, como a pensão por morte. Há ainda a criação de regras de transição para quem já está no mercado de trabalho.

As mudanças começam a valer na data em que a emenda constitucional for promulgada e publicada. Quem completar as condições mínimas para ter o benefício até um dia antes de a PEC começar a valer consegue as regras atuais, que são mais vantajosas. 

A previsão é que a segunda votação do texto ocorra neste mês. Ainda não foi definida data para a sessão de promulgação.

Como votou cada senador | Veja a lista

Parlamentar Partido Como votou
Acir Gurgacz PDT-RO Não
Alessandro Vieira Cidadania-SE Sim
Alvaro Dias Podemos-PR Sim
Angelo Coronel PSD-BA Sim
Antonio Anastasia PSDB-MG Sim
Arolde de Oliveira  PSD-RJ Sim
Carlos Viana PSD-MG Sim
Chico Rodrigues DEM-RR Sim
Cid Gomes PDT-CE Não
Ciro Nogueira PP-PI Sim
Confucio Moura MDB-RO Sim
Daniella Ribeiro PP-PB Sim
Dario Berger MDB-SC Sim
Eduardo Braga MDB-AM Sim
Eduardo Girão Podemos-CE Sim
Eduardo Gomes MDB-TO Sim
Eliziane Gama Cidadania-MA Não
Elmano Férrer Podemos-PI Sim
Esperidião Amin PP-SC Sim
Fabiano Contarato Rede-ES Não
Fernando Bezerra Coelho MDB-PE Sim
Fernando Collor PROS-AL Não
Flávio Arns Rede-PR Sim
Flávio Bolsonaro PSL-RJ Sim
Humberto Costa PT-PE Não
Irajá PSD-TO Não
Izalci Lucas PSDB-DF Sim
Jaques Wagner PT-BA Não
Jarbas Vasconcelos MDB-PE Sim
Jayme Campos DEM-MT Sim
Jean Paul Prates PT-RN Não
Jorge Kajuru Cidadania-GO Sim
Jorginho Mello PL-SC Sim
José Maranhão MDB-PB Sim
José Serra PSDB-SP Sim
Juíza Selma Podemos-MT Sim
Katia Abreu PDT-TO Sim
Lasier Martins Podemos-RS Sim
Leila Barros PSB-DF Não
Lucas Barreto PSD-AP Sim
Luis Carlos Heinze PP-RS Sim
Luiz do Carmo MDB-GO Sim
Mailza Gomes PP-AC Sim
Major Olimpio PSL-SP Sim
Mara Gabrilli PSDB-SP Sim
Marcelo Castro MDB-PI Sim
Marcio Bittar MDB-AC Sim
Marcos Rogério  DEM-RO Sim
Mecias de Jesus Republicanos-RR Sim
Nelsinho Trad Filho PSD-MS Sim
Omar Aziz PSD-AM Sim
Otto Alencar PSD-BA Não
Paulo Paim PT-RS Não
Paulo Rocha PT-PA Não
Plínio Valério PSDB-AM Sim
Randolfe Rodrigues Rede-AP Não
Reguffe Podemos-DF Sim
Renan Calheiros MDB-AL Não
Roberto Rocha PSDB-MA Sim
Rodrigo Cunha PSDB-AL Sim
Rodrigo Pacheco DEM-MG Sim
Rogério Carvalho PT-SE Não
Romário Podemos-RJ Sim
Sérgio Petecão PSD-AC Sim
Simone Tebet MDB-MS Sim
Soraya Thronicke PSL-MS Sim
Styvenson Valentim Podemos-RN Sim
Tasso Jereissati PSDB-CE Sim
Telmário Mota PROS-RR Sim
Vanderlan Cardoso PP-GO Sim
Veneziano Vital do Rêgo PSB-PB Não
Wellington Fagundes PL-MT Sim
Weverton PDT-MA Não
Zenaide Maia PROS-RN Não
Zequinha Marinho  PSC-PA Sim

Não estavam presentes:

  • Jader Barbalho (MDB-PA)
  • Marco do Val (Podemos-ES)
  • Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
  • Oriovisto Guimarães (Podemos-PR)
  • Rose de Freitas (Podemos-ES)

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), não vota

Fonte: Senado Federal

Erramos: o texto foi alterado

O texto anterior informava incorretamente o número de abstenções. A informação foi corrigida.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.