Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Fatura de cartão não chega no prazo; veja outras reclamações

Consumidora afirma que nunca recebe o boleto antes da data de vencimento

Havolene Valinhos
São Paulo

A técnica de enfermagem Paula Denise Lambert de Souza, 36 anos, do Jardim Danfer (zona leste), conta que tem um cartão de crédito administrado pelo Itaú, mas reclama que o banco não envia a fatura pelos Correios e ainda cobra juros se ela paga com atraso.

Leitora diz que o banco cobra juros por pagamento em atraso, mesmo ela tendo reclamado diversas vezes sobre não ter recebido boleto
Leitora diz que o banco cobra juros por pagamento em atraso, mesmo ela tendo reclamado diversas vezes sobre não ter recebido boleto - Zanone Fraissat /Folhapress 12 Nov.2014

“O pior é que a fatura não chega nem por email. Já mandei várias solicitações para a central de atendimento do Itaú, mas nada foi resolvido até o momento. Eles sempre falam a mesma coisa: que no próximo mês virá corretamente e sem juros, o que não acontece.” 

Paula afirma que já recebeu até carta dizendo que o seu nome será incluído nos órgãos de proteção ao crédito. 

“O Itaú diz que as cartas foram extraviadas, o que é um absurdo, pois todas as outras correspondências chegam normalmente em minha casa”, queixa-se  a leitora à reportagem.

A técnica reclama dos juros que estão cobrando. “Não mandam a conta e colocam a culpa nos Correios e no email. É um desrespeito com o consumidor. Todos os meses passo mal de tanto nervoso”, reclama. 

 Itaú: 0800-5700011

Banco entra em contato e realiza ajustes

O Itaú Unibanco informa, por meio de nota, que a questão foi solucionada e que a cliente optou em receber as faturas via Correios. 
O banco diz ainda que, conforme a solicitação da leitora, providenciou o envio da fatura com vencimento neste mês para o email confirmado por ela, além de realizar ajustes no cartão de crédito.

_________________________________________________________________

Veja outras reclamações

Uber

O assistente contábil Flávio Luis da Silva, 40 anos, do Jardim Soraia (zona sul), conta que, em agosto, solicitou um Uber para entregar alguns objetos em sua casa, mas o motorista nunca chegou até o local. “Ele ficou com meu celular, tablet, fone de ouvido, roupas e sapatos. Tentei contato com a empresa, mas ninguém responde. Estou desesperado. O prejuízo é gigante. Não é possível que uma empresa desse tamanho não possa fazer nada. Quero ser reembolsado pelos valores dos objetos que perdi”, queixa-se.

Resposta

A Uber informa, em nota enviada por sua assessoria de imprensa, que não tem qualquer responsabilidade por itens deixados em veículos de motoristas parceiros. A empresa afirma ainda que o leitor  deve buscar auxílio das autoridades policiais.

Claro

O aposentado Fiodor Bancoff Duarte, 59 anos, da Vila Antonieta (zona leste), afirma que R$ 60 de créditos que ele colocou em seu celular da Claro desapareceram. “Honestidade é uma palavra tão bonita, pena que a operadora não saiba usá-la. São tantos anos como cliente e eles tem coragem de me tratar dessa forma. Quero meu dinheiro de volta, mas não consigo falar com a Claro. Eles nunca respondem. É muita irresponsabilidade por parte deles. Peço a intervenção do Agora para solucionar esse problema”, diz.

Resposta

A Claro informa, em nota enviada por sua assessoria de imprensa, que está em contato com o leitor e está realizando os ajustes necessários. A empresa diz ainda que continua à disposição por meio de todos os canais de atendimento. 

Vivo

A dona de casa Ana Lúcia de Sousa Gonçalves, 40 anos, de Guarulhos (Grande SP), reclama que mudou o plano de serviço de suas linhas de celular da Vivo e, logo após o procedimento, suas contas foram bloqueadas. “Entrei em contato com a operadora e disseram que era um problema cadastral, mas não resolveram até agora”, queixa-se Ana. 

Resposta

A Vivo informa, por meio de nota, que o caso está em análise com a área técnica. A empresa diz ainda que a leitora está ciente das tratativas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.