Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Paciente aguarda avaliação médica

Leitora afirma que a mãe passou por uma cirurgia cardíaca e, em seguida, descobriu que está com anemia e precisa de tratamento

Everton Menezes
São Paulo

A estudante Kezia Rayane Soares da Silva, 27 anos, luta para conseguir uma consulta para a mãe, Carmen Leda Soares, 57, que vem passando por problemas graves de saúde. 

A estudante Kezia Rayane Soares da Silva, 27 anos, com a mãe, Carmen Leda Soares, 57, que aguarda para ser atendida no ambulatório de hematologia do AME Itaquera e receber um diagnóstico
A estudante Kezia Rayane Soares da Silva, 27 anos, com a mãe, Carmen Leda Soares, 57, que aguarda para ser atendida no ambulatório de hematologia do AME Itaquera e receber um diagnóstico - Martha Salomão/Folhapress

A jovem mora no Jardim Margarida (zona leste), e conta que, há alguns meses, levou a aposentada para a UBS Três Pontes, na mesma região, com sintomas de fraqueza. O médico, segundo ela, nem chegou a examinar a mãe e também não pediu exames. 

Em maio, Carmen sofreu um infarto. Após vários exames, os médicos descobriram uma anemia profunda com necessidade emergencial de transfusão sanguínea. “No Hospital Santa Marcelina, ela foi submetida a uma cirurgia cardíaca”, afirma Rayane. 

A mãe da estudante recebeu alta em 16 de julho e foi orientada a passar no ambulatório de hematologia em 25 de setembro. Para a surpresa da família, a consulta havia sido cancelada, com nova data para 13 de novembro. Assustada, Kezia buscou ajuda no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e conseguiu adiantar a consulta para 16 de outubro. “Quero que ela seja diagnosticada por um médico e receba o tratamento adequado.”

AME: (11) 2070-6211 

Consulta é agendada para dia 9

O Ambulatório Médico Santa Marcelina de Itaquera informa, por meio de nota enviada por sua assessoria de imprensa, que a paciente teve a consulta agendada para o dia 1º, no ambulatório de hematologia da unidade, às 7h. Na data e horário marcado, porém, diz que a paciente não compareceu.

A unidade de saúde afirma que, por esse motivo, a consulta da leitora precisou ser reagendada para amanhã, às 16h.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.