Cliente cancela o pedido, mas Ponto Frio faz entrega

Leitora conta que recusou notebook duas vezes, mas porteiro aceitou na terceira

São Paulo

A fisioterapeuta Luciana Ribeiro Figueiredo, 30 anos, de Taboão da Serra (Grande SP), conta que, no dia 22 de maio, comprou um notebook pelo aplicativo do Ponto Frio, por R$ 2.500 em dez vezes. Mas, no dia seguinte, se arrependeu da compra.

“Entrei em contato com a empresa para realizar o cancelamento da compra e ter o valor estornado no meu cartão de crédito. No entanto, o atendente informou que já havia sido gerada a nota fiscal do produto e que não poderia realizar o cancelamento”, afirma.

Luciana R. Figueiredo afirma que Ponto Frio não cancela compra - Arquivo pessoal

Luciana relata que foi orientada a recusar a entrega do produto. Assim, ele voltaria para o centro de distribuição e, finalmente, ocorreria o estorno no cartão.

“A transportadora tentou a entrega do produto e o mesmo foi recusado, novamente entrei em contato com o Ponto Frio para avisar que já havia rejeitado o recebimento e para dar andamento no processo para receber meu dinheiro de volta. O produto não voltou para o centro de distribuição e tentaram realizar a entrega outra vez e a recusei”, diz.

A fisioterapeuta afirma que entrou em contato para avisar que estavam tentando entregar o notebook e que já havia feito o pedido de cancelamento.

“Após uma semana tentaram realizar a entrega do produto. Ou seja, em nenhum momento ele voltou para o centro de distribuição e em nenhum momento foi dado o processo de cancelamento efetivo da compra. Moro em um condomínio volumoso e o porteiro sem querer aceitou a entrega. Falo com o Ponto Frio, mas não resolvem.”

Empresa devolve o valor pago

O Ponto Frio informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que a cliente foi atendida com o cancelamento da compra e o estorno foi confirmado.

A empresa diz ainda estar à disposição da consumidora para prestar quaisquer esclarecimentos.

Em novo contato com o Agora, a leitora Luciana Ribeiro Figueiredo confirmou a informação. “Verifiquei que fizeram a devolução. Agradeço ao Defesa do Cidadão pela intervenção”, afirmou.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.