Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Mãe não consegue tratamento de saúde para filho na rede pública

Ela conta que criança tem múltiplas alergias e passa mal, mas não consegue acompanhamento médico

São Paulo

A auxiliar de serviços gerais Benedita Gomes de Pinho Lima, 30 anos, da Vila Renato, Sapopemba (zona leste), conta que está tentando um tratamento para o filho Arthur Gomes Araújo, de um ano, no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Maria Zélia, mas não consegue atendimento.

“Ele tem múltiplas alergias, inclusive o estômago é prematuro. Por isso ele não aceita alimentação. Também precisa fazer exames neurológicos. Ele teve convulsões aos cinco meses e há dois meses. Agora, está tendo movimentos involuntários, o que tem que ser investigado”, afirma ela.

Benedita Gomes de Pinho Lima reclama da falta de atendimento do AME Maria Zélia - Arquivo Pessoal

A leitora relata que a criança necessita do acompanhamento de um pediatra, um neurologista e um alergista. “Não temos condições de arcar com o convênio e não conseguimos tratamento pelo SUS. Em junho, ele passou no AME Maria Zélia e, de lá, encaminharam para um posto de saúde em Pinheiros (zona oeste). Tive que pagar um carro de aplicativo, pois ele passa ainda mais mal no ônibus. A médica falou que o encaminhamento estava errado e que dei a viagem perdida. Ela deu uma carta para ir a outro posto, mas o médico da família falou que não podia fazer nada.”

Benedita afirma que ligou para a ouvidoria do AME Maria Zélia e foi informada de que deveria ir pessoalmente ao hospital. “Fui no local com o Arthur, mas a assistente de saúde disse que só atendia por telefone. Conversei com outro responsável e prometeram dar um retorno, mas nada. Estou desesperada.”

Secretaria agenda consulta

A Secretaria de Estado da Saúde informa que o paciente possui agendamento no AME Maria Zélia para o dia 12 de agosto na especialidade gastroenterologia pediátrica. Além disso, a unidade já agendou atendimento em alergologia no Hospital São Paulo, atendimento de maior complexidade (terciário) conforme necessidade mencionada pelo Ambulatório de Especialidades Pinheiros à mãe do paciente. A família da criança será avisada e orientada quanto às consultas.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.