Enel faz feirão para negociação de dívidas em SP; veja como participar

Evento começa neste sábado (26); distribuidora organizará outras quatro datas

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Quem tem débitos em aberto com a Enel poderá renegociar ou parcelar as dívidas em cinco feirões organizados pela distribuidora entre junho e julho. O primeiro deles acontece neste sábado (26), das 8h às 17h, no CEU Feitiço da Vila, na zona sul de São Paulo, com apoio da prefeitura da cidade.

O atendimento será realizado com horário marcado, e os clientes interessados podem fazer o agendamento no site: https://www.enel.com.br/pt-saopaulo. Em seguida, o consumidor receberá uma mensagem via SMS com a confirmação e senha que deverá ser apresentada no local.

A distribuidora ressalta que todos os colaboradores envolvidos na ação estão seguindo os protocolos de higiene e segurança para prevenção à Covid-19, como o uso de máscaras, luvas, álcool em gel e medição de temperatura.

As próximas edições do feirão serão realizadas nos dias 3 de julho no Céu Jaguaré (zona norte) e 17 de julho no Céu Lajeado (zona leste). A Enel ainda pretende realizar outros dois feirões no mês de julho, em locais que estão em fase de definição.

Opções

Segundo a distribuidora, nos feirões, os clientes encontrarão as seguintes opções para quitar os valores atrasados:

  • Quem tiver contas em atraso acima de 180 dias poderá obter um desconto de 40% no valor original das faturas, parcelando a dívida em até seis vezes (entrada e mais cinco parcelas)
  • Os consumidores já cadastrados como baixa renda também terão a opção de parcelar a dívida em até 12 vezes com juros, a despeito do tempo de dívida, sendo uma entrada e mais 11 parcelas. Nesta modalidade, o desconto de 40% não é aplicado, somente a facilidade do parcelamento
  • Todos os clientes, baixa renda ou não, podem obter parcelamento em até dez vezes dos seus débitos, sendo uma entrada e mais nove parcelas. Essa opção também não concede desconto no valor da dívida

“Durante os feirões, os clientes da concessionária também terão a possibilidade de realizar alguns serviços, como transferência de titularidade, pedido de religação, cadastro de baixa renda, esclarecimento de dúvidas sobre a fatura, entre outras facilidades, além de renegociar e parcelar contas em atraso”, destaca o diretor de mercado da Enel, André Oswaldo Santos.

Negociação digital

Todos os valores podem ser pagos na própria conta de luz e os consumidores que se cadastrarem como baixa renda durante os feirões só terão os benefícios do governo federal nas contas futuras, a partir do momento do cadastro inicial. Os valores em aberto seguirão com as condições da oferta mencionada.

De acordo com a Enel, os clientes que realizarem negociação de parcelamento durante os feirões poderão trocar até quatro lâmpadas incandescentes pelo modelo LED, que são 80% mais econômicas. A iniciativa faz parte do programa Luz Solidária, e beneficia os consumidores da distribuidora em todas as regiões.

A negociação também pode ser feita por meio dos canais digitais de atendimento: portal de negociação (https://portalnegociacao.eneldistribuicaosp.com.br/#/home), aplicativo Enel São Paulo (https://www.eneldistribuicaosp.com.br/atendimento/aplicativo-enel) ou central de atendimento (0800 72 72 120). Ao realizar a renegociação nos canais digitais, o cliente pode efetuar o pagamento por meio do cartão de crédito.​

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.