Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Fabricante de eletroeletrônicos dificulta devolução de produto

Moradora da zona norte não consegue contato com a Philco para trocar forno

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Yara Ferraz
São Paulo

A pensionista Sandra Regina Henrique, 61 anos, enfrenta dificuldades para conseguir contato com a Philco. Insatisfeita na compra, ela gostaria de trocar um produto com defeito.

A moradora de Pirituba (zona norte) afirma que comprou, no dia 5 deste mês, pelo site da empresa, um forno elétrico. O valor foi R$ 389,90 e o produto foi entregue no dia 9.

Sandra Regina Henrique teve problemas com produto da Philco
SAO PAULO-SP, 19/11/2021. Sandra Regina Henrique teve problemas com produto da Philco. - Arquivo Pessoal

"Na descrição do site está que tosta, grelha, assa e gratina. Porém, veio somente a função dourar. Estou muito insatisfeita", relata.

A leitora tentou entrar em contato com a Philco diversas vezes por diferentes canais de atendimentos, mas afirma que não consegue uma resposta e sequer conversar com um atendente para explicar a situação. "Nem por telefone, email ou central de atendimento", diz. "Tenho vários protocolos deles, mas sem retorno."

Ela finalmente conseguiu falar pelo WhatsApp, mas foi informada de que a empresa não aceita devolução.
Além disso, Sandra afirma que não veio nota fiscal no pedido, que na caixa está marcado como presente. "É impossível um contato humano com eles, só mesmo por mensagem", diz.

"Estou dentro do prazo de arrependimento consumidor. Comprei parcelado em sete vezes no meu cartão de crédito, mas quero devolver porque não veio as funções como prometido", afirma.

Para tentar resolver a situação, ela pediu auxílio ao Agora. "Quero ajuda de vocês, por favor. Estou muito insatisfeita e eles não me atendem de jeito nenhum. Só dizem pelo WhatsApp que não aceitam devolução, ou seja, é a própria lei do consumidor deles."

Produto com defeito é devolvido à marca

A Philco Eletrônicos informa, em nota de sua assessoria de imprensa, que a consumidora está sendo atendida pelo setor do comércio eletrônico. O aparelho defeituoso já foi devolvido por meio de postagem à fábrica e a empresa afirma que está dando continuidade na tratativa.

​O Agora entrou em contato com Sandra, que confirmou finalmente ter conseguido devolver o forno elétrico. "Eles mandaram ordem de postagem dos Correios. Eu postei no dia 11 de novembro e, agora, estou aguardando a devolução do valor", diz. A leitora também agradeceu ao Defesa do Cidadão pela ajuda no caso. "Sei que vocês sempre nos dão auxílio. Muito obrigado, por toda atenção. Agradeço muito", afirma.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.