Globo fecha Rádio Globo em São Paulo após 68 anos

Grupo passa a se concentrar na rádio Globo Rio, mantendo a bem sucedida CBN na capital paulista

Radialista Eli Correa - Reprodução/Instagram/Eli
São Paulo

Após 68 anos de transmissões, chega ao fim neste domingo (31) a rádio Globo de São Paulo. Para a despedida, a emissora promove a live Amigos da Rádio Globo, a partir das 12h, reunindo alguns dos nomes que fizeram sua história, como Eduardo Savoia, Oswaldo Maciel, Eli Corrêa e Leão Lobo, com homenagem a Hélio Ribeiro no fechamento.
Aviso
Em comunicado, o Grupo Globo informa que “a Rádio Globo encerra a sua operação em São Paulo no FM 94.1 e fecha o ciclo de desmobilização da rede de transmissão para todo o Brasil”, a fim de dedicar esforços somente à Rádio Globo Rio de Janeiro. Em São Paulo, a empresa mantém, com louvor, a bem sucedida CBN (90,5 FM).

LONGE DAS FOFOCAS

Embora o seu nome tenha circulado em um dos áudios vazados das conversas entre Anitta e Léo Dias, esta semana, sobre aquele episódio que supostamente a colocava como pivô da crise conjugal de José Loreto, Marina Ruy Barbosa passou à margem de toda a fofoca envolvendo seu nome. Nem o falatório do ano passado nem a volta do assunto, agora, que a mostra muito mais como vítima de línguas ferinas do que qualquer outra coisa, foram capazes de abalar o casamento com Xandinho Negrão. Enquanto isso, a ruiva é mais uma a faturar com campanha de lingeries para o Dia dos Namorados.

FRASE

"Contra a ‘imprensa manipuladora’, a pessoa quer a volta de uma agência que regule a imprensa e a manipule. Não sei se tô alcançando essas pessoas, me ajuda?"

Fábio Porchat no Twitter

SENTIMENTAL

O cantor e compositor cearense Evaldo Gouveia morreu aos 91 anos em um hospital particular de Fortaleza, na noite de sexta-feira (30). Autor de “Sentimental Demais”, “Alguém me Disse”, “Brigas” e “Trovador”, escritas com Jair Amorim (1915-1993), o músico não teve a causa da morte revelada. Em 2017, ele sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral), que deixou sequelas motoras.

DEBUTANTE

A ex-BBB Rafa Kalimann estreou seu canal no YouTube contando que estava de ressaca e havia batido a testa. A ocasião pediu um telefonema para Luan Santana, em tom de celebração, mas com muita sinceridade: “Você não tá entendendo a ressaca que eu tava hoje de manhã. Para eu render, foi chão”, afirmou ela

Rafaella Kalimann - Instagram/rafakalimann

OPA

Flávia Alessandra participou de um vídeo do canal do marido, Otaviano Costa, no YouTube, e admitiu durante a brincadeira do “Eu nunca” que já ficou excitada gravando uma cena. “Se esse casamento resistir à quarentena e a esse Eu Nunca...”, disse ela.

Otaviano Costa e Flávia Alessandra
Otaviano Costa e Flávia Alessandra cozinham na quarentena - Reprodução

PROTESTOS

A morte de George Floyd, 46 anos, negro, por asfixiamento e pelas mãos de policiais, tem motivado uma forte onda de protestos nos Estados Unidos, especialmente em Minneapolis, onde ocorreu o caso. O episódio tem atraído vários artistas a reforçar a bandeira constra o racismo no país.
“Todos nós testemunhamos o assassinato dele em plena luz do dia. Estamos despedaçados e revoltados”, disse Beyoncé. “Chega de assassinatos sem sentido de seres humanos.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.