Herdeiras de Gugu Liberato cobram tia sobre seguros deixados pelo pai

Aparecida Liberato acusa a mãe, Rose, de ter influenciado as meninas

Gugu Liberato com os filhos João Augusto, 18, e as gêmeas Sofia e Marina,15, em 2019 - Instagram/quemacontece
São Paulo

O caso da herança de Gugu Liberato ganha novos episódios a cada dia que passa. Agora, as duas filhas gêmeas do apresentador, Marina e Sofia, acusam na Justiça a tia, Aparecida Liberato, de não prestar contas como inventariante do espólio de Gugu.
Elas pedem que Aparecida disponibilize informações sobre seguros de vida e previdências privadas “e outros títulos com resgate automático” em nome de Gugu, segundo informa a colunista da Folha Mônica Bergamo.
A assessoria de Aparecida afirma que quem constituiu a advogada das sobrinhas, Viviane Ricci, foi a mãe delas, Rose Di Matteo, e que as filhas, menores, foram influenciadas pela mãe, que também briga na Justiça.

LAR, DOCE LAR

Nome que mais causou alvoroço na ocasião da divulgação da lista de confinados do BBB 20, Bianca Andrade, conhecida como Boca Rosa, ficou pouco tempo no programa e mal usufruiu das melhores polêmicas criadas dentro da casa. Mas foi o suficiente para multiplicar seu número de seguidores, as vendas de sua grife de cosméticos e o cofrinho: nesta segunda-feira (11), ela apresentou aos seus seguidores a casa de três andares que acaba de alugar no Rio, com jardim e piscina. “Lembram que eu queria uma [casa] pra trabalhar na piscina? Eu tenho piscina e muito mato”, comemorou.

FRASE

"Acho a Regina Duarte a secretária ideal para um governo como o do Bolsonaro. Não entendo esse susto que tomaram com as palavras dela. É uma mulher doente num governo doente"
Rafinha Bastos no Twitter

HOMENAGEM

Rodrigo Santoro gravou o áudio de um vídeo que mostra vários filmes brasileiros, com final que homenageia artistas nacionais mortos durante a pandemia do novo coronavírus. O ator vai apenas pronunciando o nome de cada longa enquanto a câmera passeia sobre os cartazes de um a um, construindo assim um texto de esperança por dias melhores.

O filme está disponível nas redes sociais do ator e tem circulado via WhatsApp.

TESTE

Cinemas da Coreia do Sul estão testando recursos para criar tecnologia sem contato físico com humanos para a ocupação das salas após a pandemia do novo coronavírus. As experiências incluem quiosques automatizados, aplicativos para a compra de bilhetes e até o uso de robôs. A ideia é driblar o medo do público de manter contato físico com estranhos.

LANÇAMENTO

A indústria do cinema já começa a remarcar estreias mundiais, com agendamentos a partir de julho. Nesta segunda-feira (11), o chefão da Disney, Bob Chapek, disse que “Mulan” será lançado nos cinemas em 24 de julho, pelo menos nos Estados Unidos. Ele acredita que as salas de cinema tomarão as devidas precauções na ocasião para evitar aglomerações e garantir o uso de máscaras.

Cast member Liu Yifei poses at the premiere for the film "Mulan" in Los Angeles, California, U.S., March 9, 2020. REUTERS/Mario Anzuoni ORG XMIT: PPP-MA212 - REUTERS
Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.