Mulheres são encontradas mortas em São Paulo

Foram três casos de feminicídio no final de semana

Leonardo Zvarick
São Paulo

Duas mulheres foram encontradas mortas em casa neste domingo, na capital. Nos dois casos, ex-companheiros são suspeitos dos crimes. Em ambos os casos, os homens foram presos. 

O primeiro homicídio ocorreu durante a madrugada, na Vila Matilde (zona leste). A polícia foi acionada pelo irmão da vítima, que estaria desaparecida desde sexta-feira (26).

Já durante o período da manhã deste domingo (28), em Parelheiros (zona sul), outra mulher foi encontrada com o pescoço cortado.

As idades não foram informadas. As investigações de ambos os casos serão conduzidas pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).

Com esses dois, foram ao menos três casos de feminicídio ocorridos no estado neste final de semana.

Carro da Polícia Civil na região central de São Paulo - Robson Ventura - 4.set.2014/Folhapress

Um comerciante de 37 anos foi acusado de matar a ex-mulher, o filho dela e se suicidado em seguida, na noite da última quinta-feira, em Tabatinga (332 km de SP). O motivo teria sido o fim do relacionamento entre eles, há cerca de um ano.

O autor do crime, José Everaldo Hungria, teria encontrado a ex-mulher por acaso no pronto-socorro da cidade, onde começaram uma discussão. Maria Elisa Pontes, 40, deixou o local e foi para casa, mas Hungria a perseguiu até lá, segundo o relato no boletim de ocorrência.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.