Descrição de chapéu Interior

Papa reconhece milagre e padre Donizetti vira beato

Vaticano reconhece milagre atribuído ao padre que curou doença em menino que tinha pé torto

Alfredo Henrique
São Paulo

O padre Donizetti Tavares de Lima (1882-1961) foi beatificado nesta segunda-feira (8), após publicação de um decreto do papa Francisco reconhecendo um milagre atribuído ao religioso. O anúncio foi feito durante missa, celebrada no Santuário Nossa Senhora Aparecida, em Tambaú (255 km de SP), onde o agora beato viveu por 35 anos.

homem careca com as mãos em oração próximas ao rosto
Padre Donizetti Tavares de Lima (1882-1961); o religioso agora pode ser venerado em público, mas em locais específicos, segundo o bispo dom Antônio - Reprodução/EPTV

Leonardo Spiga Real, membro da comissão de beatificação da Diocese de São João da Boa Vista (216 km de SP), explicou sobre o milagre reconhecido pela Santa Sé. Ele falou que Bruno Henrique Arruda de Oliveira, atualmente com 12 anos, nasceu com uma doença conhecida como “pé torto congênito bilateral”.

“Ele passou por um pediatra, que por sua vez pediu para o menino ser encaminhado a um ortopedista, para fazer uma cirurgia. Por causa do problema, o menino nunca iria andar direito e teria muitas dores”, afirmou Real.

Na noite que precedia a intervenção cirúrgica, a mãe de Bruno rezou ao padre Donizetti, pendido a cura do garoto. “E o menino acordou, no dia seguinte, com os pés normais. Por conta disso, o caso foi encaminhado para o crivo de Roma, em 2016”, acrescentou Real, que também é mestrando em direito canônico.

Após ganhar ciência do milagre, o Vaticano encaminhou uma comissão com sete médicos, que deram parecer favorável ao caso. “Depois cardeais e teólogos da Comissão das Causas dos Santos concordaram com o parecer e o processo continuou”, acrescentou Real.

Segundo o documento assinado pelo bispo dom Antônio Emídio Vilar, o Vaticano anunciou em outubro de 2017 o título de “venerável” ao sacerdote. O documento reconheceu que padre Donizetti, em vida, exerceu “as virtudes teologais da fé”, como esperança e caridade.

Com a atribuição do título de beato, o religioso agora pode ser “venerado em público”, mas em “locais específicos”, segundo o bispo. Isso, ainda de acordo com dom Vilar, é “um passo importante em vista de sua canonização, quando sua veneração será universal, isto é, para toda a igreja”.

Beato Donizetti é o 53º reconhecido pelo Vaticano no Brasil, onde também há, segundo a Diocese de São Paulo, 36 santos.

Família Beting atribui milagres

O jornalista Mauro Beting falou ao Agora “que deve a própria vida” ao agora beato Donizetti. “Foi ele quem orientou meu pai [Joelmir Beting] para se mudar para a capital, onde ele estudou e começou a trabalhar como jornalista”. Joelmir Beting, morto em novembro de 2012, ficou conhecido por “traduzir” para uma linguagem popular conceitos complexos da economia.

Mauro Beting acrescentou outro caso, agora milagroso, atribuído ao beato Donizetti. “Minha avó teria que amputar os pés. Porém, ela rezou para [padre Donizetti] e não precisou mais”, relatou.

O pai de Mauro também atribuía um milagre ao beato. Após um acidente no rio Pardo, Joelmir ficou gago e, depois de tomar um caldo de quiabo da casa do padre, o problema foi curado.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.