Descrição de chapéu Zona Oeste

Após incêndio, ponte do Jaguaré é liberada para pedestres e ciclistas

Prefeitura de SP fará análises para liberar local segunda-feira (24) para veículos

Alfredo Henrique
São Paulo

A ponte do Jaguaré (zona oeste da capital paulista) foi liberada neste sábado (22) para pedestres e ciclistas. O local foi interditado após um incêndio, ocorrido nesta sexta-feira (21). As causas para a origem do fogo ainda são apuradas. 

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a ponte permanecerá interditada, em ambos os sentidos, “ao menos” até segunda-feira (24), para que novas avaliações estruturais sejam feitas.

"Nós vamos ver inclusive em que profundidade da cobertura de concreto o fogo afetou. É esse concreto que foi afetado, que a gente chama de calcinação, que vai ser removido, e nós vamos fazer uma nova capa de concreto para fazer o cobrimento de armadura", explicou Vítor Aly, secretário municipal de Infraestrutura, à TV Globo. 

 
A Ponte do Jaguaré, na marginal Pinheiros, está interditada por conta de um incêndio - Rivaldo Gomes/Folhapress

Neste sábado, segundo a prefeitura, técnicos coletaram amostras de concreto e aço da estrutura, para analisá-los. 

A gestão Bruno Covas (PSDB) informou que foi oferecida a ajuda para cerca de 50 famílias que viviam sob a ponte. Além de abrigo emergencial, também seria oferecido aluguel social. Covas disse que algumas dessas famílias haviam manifestado desinteresse de receber um abrigo estatal.

Algumas famílias montaram barracas no canteiro lateral da marginal, próximo ao local do incêndio.

No final da tarde de sexta, um grupo de moradores se reuniu no local para reclamar no suposto descaso municipal com o problema de moradia. Afirmavam eles que aguardavam uma solução por parte da prefeitura havia dois anos, mas, nada de concreto havia sido apresentado pelo município.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.