Descrição de chapéu Zona Leste

PM apreende mais de 600 veículos em ações contra pancadões na zona leste de SP

Corporação afirma que operações contra bailes funk ocorrem em resposta à "demanda da sociedade"

Alfredo Henrique
São Paulo

A Polícia Militar apreendeu ao menos 615 veículos em pouco mais de dois meses de operações contra bailes funks na zona leste da capital paulista. A mais recente ação, ocorrida neste domingo (27), aprendeu 97 motos e 63 carros que circulavam pela avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello. 

Os critérios para os veículos serem retirados das ruas são, segundo a PM, o descumprimento de regras do Código de Trânsito Brasileiro, além do flagrante de que o veículo é usado para tocar música em alto volume.  

Batizadas de Operação Pancadão, as ações ocorrem por tempo indeterminado, desde o início do ano, também em todo o estado de São Paulo, que registrou ao menos 1.473 apreensões de veículos entre o final de agosto e o último dia 20. 

A Polícia Militar apreendeu 615 veículos em pouco mais de dois meses de operações contra bailes funks na zona leste da capital paulista. A mais recente operação, ocorrida neste domingo (27), apreendeu 97 motos e 63 carros na avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello - Divulgação/PM

Segundo o tenente-coronel Emerson Massera, porta-voz da PM, a corporação intensificou as ações contra os pancadões por conta da “demanda da sociedade”. “Nas madrugadas de sexta-feira para sábado e de sábado para domingo, 80% das ligações ao telefone de emergência 190 são sobre ocorrências de perturbação do sossego [por conta de bailes funk]”. O oficial acrescentou que, inclusive nas noites de domingo para segunda, o volume de reclamações é “bastante alto.”  

A PM acrescentou que, há cerca de 15 dias, começou a desenvolver operações simultâneas, em todo o estado de São Paulo, em locais mapeados pela corporação a partir das reclamações e denúncias encaminhadas via telefone 190. “Além das reclamações sobre perturbação do sossego, temos registros de tráfico de drogas, exploração sexual, corrupção de menores, entre outros ilícitos”, afirmou o tenente-coronel.

Ele ainda explicou que “não há uma atenção maior” voltada à zona leste da capital, em detrimento a outras regiões da cidade. “É certo, contudo, que a quantidade dos chamados pancadões é maior nessa região de São Paulo, bem como a demanda do cidadão”, explicou

Sem bailes na zona norte 

Segundo a PM, policiais do 5º Batalhão permaneceram sábado (26) na região do Parque Novo Mundo (zona norte) com o intuito de impedir a realização de pancadões no local. Foram realizados bloqueios e policiais foram deslocados a pontos estratégicos para realizar ações de presença.  “Desta forma, a preservação da ordem tem sido mantida, sem que qualquer baile funk aconteça na região”, diz trecho de nota. 

Participaram de ação na zona norte policiais da Rocam (Ronda com Motocicletas), da Força Tática e da Base Comunitário Móvel. 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.