Descrição de chapéu Zona Sul

Mudança em UBS da zona sul de SP provoca reclamação

Moradores do Grajaú dizem que ambulatório deixou de atender

São Paulo

Moradores do Grajaú (zona sul) criticam o encerramento de atendimentos no Ambulatório de Especialidades Dr. Milton Aldred. A unidade de saúde, atualmente, atende pessoas encaminhadas de outras 12 UBS (Unidades Básicas e Saúde) das regiões próximas.

“Foram tirando oftalmologista, odontologia e agora estão mudando os atendimentos para mais longe. Esse posto atende muita gente. Aqui aparecem pessoas do Cocaia, Jardim Eliana”, diz a aposentada Cioneia Mara Marques Pereira, 66 anos, que é moradora do bairro no extremo sul da capital. 

“Aqui perto tem um posto de atendimento de saúde da família, mas lá não tem especialidade. No Jardim Itajaí tem [posto de especialidades], mas é meio longe, fica na contramão, principalmente para quem vai de transporte público”, afirma a aposentada.

 

De acordo com dados da Prefeitura de São Paulo, o ambulatório de especialidades realizou, no mês de outubro de 2019, 425 consultas e 572 procedimentos.

Segundo Franklyn Rodrigues Lima, 65, psicólogo aposentado e também morador do bairro, a comunidade foi informada pela prefeitura que no local onde existe atendimento de especialidade irá funcionar um CER (Centro de Reabilitação).

“A gente não é contra o CER, o problema é retirar as especialidades. Ao contrário, nós queríamos é que ampliassem as especialidades. Nós já protocolamos reclamação na Câmara dos Vereadores e no Conselho Municipal de Saúde”, afirma o psicólogo. 

Protesto

Os moradores do bairro organizaram nesta quarta-feira (26) um abraço simbólico do ambulatório como protesto pelas mudanças no atendimento.

Cioneia concorda que o problema não é a criação do CER. Para ela, o equipamento seria bem vindo, mas ela questiona por qual motivo não se permite que a população use os dois serviços na região. “Tem muita gente que precisa desses atendimentos por aqui. A minha irmã, a minha mãe, a vizinhança toda usa o posto. O atendimento lá é bom, tem entrega de remédio”, afirma a aposentada. (TR)

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde, sob a gestão de Bruno Covas (PSDB), diz que o atendimento no Ambulatório de Especialidades Milton Aldred não será encerrado e que oftalmologia e odontologia permanecerão no local mesmo com o Centro de Especialidades em Reabilitação.

A secretaria diz que “o que está previsto é a mudança do atendimento em cardiologia e otorrinolaringologia para o Hospital Dia Capela do Socorro, que possui estrutura mais ampla para o funcionamento destas especialidades. As mudanças serão realizadas de forma gradual tendo início em janeiro com a conclusão prevista para o primeiro semestre de 2020”. (TR)

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.